Estádio Independência

Estádio Independência (Foto: Márcio Porto / LANCE!)

RADAR/LANCE!
07/06/2016
15:39
Belo Horizonte (MG)

Após a interdição do Independência, determinada na  1ª Vara da Fazenda Pública Estadual de Belo Horizonte, na última segunda-feira, o advogado Sérgio Resende, que representa a BWA, administradora da Arena, informou que entrará com recurso para tentar a liberação do estádio:

- Estamos trabalhando para isso, para inverter essa situação a tempo - afirmou o advogado, ao portal do superesportes.com.br.

Sérgio Resende ainda lembrou que BWA não é mencionada no processo e, por isso, seria prejudicada com a decisão de interdição.

- Não somos parte do processo. O que vai acontecer é que eu vou entrar com um recurso como terceiro prejudicado. Porque esta decisão esta me atingindo diretamente, causando prejuízos. Vamos entrar com o recurso hoje (terça-feira) ainda - concluiu o advogado. 

A decisão de interdição do Independência foi anunciada após denúncias feitas pela 17ª Promotoria de Justiça de Defesa do Patrimônio Público, que apontavam os gestores responsáveis pela construção do novo Estádio Independência de improbidade administrativa, na época da reconstrução, e dano ao tesouro público estadual. Ainda cabe à denúncia citar que o América-MG teria se beneficiado dos atos. 

Para Sérgio Resende, a expectativa é de que o Independência seja liberado para o clássico entre Atlético-MG e Cruzeiro. O confronto válido pela sétima rodada do Brasileiro será no próximo domingo, às 16h, no Horto. Os ingressos para a partida serão vendidos normalmente, a partir das 17h, desta terça-feira.