Torcida de Palmeiras e Vasco

Torcidas de Palmeiras e Vasco juntas antes do confronto no primeiro turno do Brasileiro (Foto: Fellipe Rocha)

LANCE!
15/01/2016
17:45
São Paulo (SP)

Parceiras históricas, a Força Jovem, torcida organizada do Vasco, e a Mancha Alviverde, organizada do Palmeiras, romperam. O anúncio foi feito pela uniformizada carioca, em nota no seu site oficial. O motivo para isto foi uma briga na quadra dos palmeirenses, no sábado passado.

A briga começou durante a festa de 33 anos da Mancha, quando tocou funk na quadra e alguns membros da Força Jovem no local começaram a dançar, fazendo um "trenzinho". De acordo com os cruz-maltinos, o entrevero começou quando diretores da Mancha foram ao palco pedir que os cariocas parassem de rebolar. Segundo a organizada do Palmeiras, porém, o problema não foi a dança, mas o fato de durante a coreografia os vascaínos empurrarem e derrubarem cerveja nos que estavam ao redor.

Este foi o estopim para um briga, que segundo a versão da Força Jovem teve até uma arma apresentada. Após o ocorrido, houve uma reunião entre a cúpula da torcida carioca e foi decidido pelo rompimento com a Mancha.

"A Força Jovem teve material subtraído, furtado. Tivemos um dano irreparável, onde o que fica aberta é a ferida moral, nos sentimos traídos. Respeitamos a instituição Mancha Alviverde pelos anos de amizade e história, mas que pela incompetência da atual diretoria, declaramos o fim da aliança, até que a mesma permaneça à frente da instituição", diz o comunicado dos vascaínos.

A Mancha Alviverde, por sua vez, no começo da semana disse que não há ninguém certo na confusão e que os responsáveis na organizada serão repreendidos. Até então, porém, a relação de parceria com a Força Jovem estava mantida por parte dos palmeirenses.

"Temos a convicção que antes da briga não houve o desrespeito. Sendo assim, oficialmente a Mancha informa que os materiais da Força Jovem continuam liberados. Podem ser usados à vontade nos jogos do Palmeiras e no dia a dia da sede; Continuamos com respeito com a Força Jovem por tudo que já foi construído e conquistado", avisam os palmeirenses.