Reynaldo Buzzoni, diretor de registro e transferências da CBF (Foto: Rafael Ribeiro/CBF)

Reynaldo Buzzoni, diretor de registro e transferências da CBF (Foto: Rafael Ribeiro/CBF)

LANCE!
31/03/2017
09:54
Rio de Janeiro (RJ)

Os intermediários de negociações de jogadores receberam no último ano R$ 24,1 milhões em comissões recebidas nas transações efetuadas no futebol brasileiro.

A cifra foi revelada por um levantamento da CBF, que analisou os dados entre março de 2016 e o mesmo mês de 2017. Ao todo, o número de operações registradas com participação de intermediários é de 536.

Os maiores responsáveis pelos pagamentos aos antigos agentes - denominação que foi extinta pela Fifa - são os clubes. O relatório aponta que R$ 21 milhões em comissões foram pagas pelas equipes, enquanto os jogadores foram responsáveis por R$ 3 milhões.

O banco de dados da CBF tem 342 intermediários cadastrados, que são regidos pelos regulamentos criados pela Fifa e pela própria entidade brasileira. Vale lembrar que a CBF acabou, para a atual temporada, com o limite de percentual das comissões recebidas pelos intermediários.