Thiago Salata
25/01/2016
08:00
São Paulo (SP)

Jogos de pré-temporada não servem de parâmetro para grandes análises, nem para o bem e nem para o mal. São tantos dias sem futebol para valer que é uma tentação para o torcedor enxergar soluções de antigos problemas, supervalorizando acertos. Vale o mesmo para os erros.

Os times estão ainda muito abaixo de suas condições física e técnica. Mesmo os que já trazem um conjunto de 2015 ainda engatinham. O Paulistão começa nesta semana, mas as primeiras rodadas ainda terão uma pegada de pré-temporada. Sendo assim, podemos pontuar até aqui:

1) O Corinthians não se preparou para a perda dos cinco titulares (Gil, Ralf, Jadson, Renato Augusto e Vagner Love) e corre contra o tempo, e contra o inflacionado mercado, para manter o nível. Mas tem Tite, que já fez, em tempos recentes, peças vistas como pouco úteis se tornarem titulares em alta. Não é mágico, mas não dá para imaginar um Timão que não vá competir com os seus rivais.

2) O Palmeiras, clube com o elenco mais recheado, oferece a Marcelo Oliveira possibilidades de variar time e esquemas. O técnico vai começar 2016 fiel ao seu 4-2-3-1 com o desafio de fazer o Verdão ser mais do que um time de contra-ataques. É um grupo sem estrelas, mas com peças muito parecidas entre titulares e reservas, algo que deve evitar acomodações, o que é ótimo. Mas também vai exigir de Marcelo coerência para não acirrar e egos e vaidades.

3) O São Paulo reforçou-se de maneira modesta. A grande esperança está no banco, com Edgardo Bauza, que promete um time mais organizado defensivamente e disciplinado. A ver como o contestado elenco irá reagir. No único jogo do ano, o melhor em campo foi o melhor atleta do Tricolor no ano passado: o volante Thiago Mendes.

4) O Santos não sofreu grandes baixas, nem trouxe grandes reforços. A tendência é ver o bom time de 2015 evoluir, principalmente no meio-ataque. A zaga, com poucas peças, preocupa. Ao contrário dos rivais, só vai olhar para o Paulistão agora. Mais tempo de preparação.

DESEMPENHO NA PRÉ-TEMPORADA:

17/1 - Atlético-MG 1x0 Corinthians - Boca Ratón (EUA)
20/1 - Corinthians 3x2 Shakhtar (UCR) - Orlando (EUA)
23/1 - Fort Lauderdale Strikers 0x0 Corinthians - Fort Lauderdale (EUA)
Estreia no Paulistão: XV de Piracicaba (fora), 31/1 - 17h
Estreia na Libertadores:  Cobresal-CHI (fora), 17/2 - 21h45 

20/1 - Palmeiras 2x0 Libertad (PAR) - Montevidéu (URU)
23/1 - Nacional (URU) 0 (4)x(3) 0 Palmeiras - Montevidéu (URU)
Estreia no Paulistão: Botafogo (fora), 31/1 - 19h30
Estreia na Libertadores: River-URU ou La U-CHI (fora), 16/2 - 21h45

20/1 - Cerro Porteño (PAR) 0x1 São Paulo - Assunção (PAR)
Estreia no Paulistão: Red Bull (fora), 30/1 - 19h30
Estreia na Libertadores: Cesar Vallejo-PER (fora), 3/2 - 21h45

23/1 - Bahia 2x2 Santos - Salvador (BA)
Estreia no Paulistão: São Bernardo (casa), 30/1 - 17h
Estreia na Copa do Brasil: Santos-AP (fora), em março

*Thiago Salata é editor do LANCE!