João Matheus Ferreira
27/01/2016
14:24
Rio de Janeiro (RJ)

Sem clube há quase dois anos, o atacante Adriano recebeu uma proposta do Guaraní-PAR nos últimos dias. O Imperador ficou de estudar a situação e dar uma resposta logo depois do Carnaval. O clube paraguaio, algoz do Corinthians na Copa Libertadores do ano passado, oferece salário de R$ 180 mil, além de um apartamento e um carro no tempo de contrato oferecido - seis meses. 

No total, porém, Adriano pode ganhar até R$ 2,4 milhão em bonificações. De acordo com a proposta oferecida, há vários tipos de bônus. São eles: R$ 120 mil em caso de avanço à fase de grupo da Libertadores - a equipe enfrenta o Independiente del Valle-EQU na primeira fase; R$ 280 mil por cada fase superada (classificações para oitavas, quartas, semi e final); R$ 800 mil em um eventual título da competição; R$ 400 mil pela conquista do Apertura do Campeonato Paraguaio (disputado no primeiro semestre deste ano).

Aos 33 anos, Adriano colecionou títulos até 2011, mas viveu o auge da carreira em meados dos anos 2000. Revelado pelo Flamengo, também vestiu a camisa de Parma-ITA, Inter de Milão-ITA, Fiorentina-ITA, São Paulo, Roma-ITA, Corinthians e Atlético-PR, além da Seleção Brasileira. Em seu currículo, possui dois títulos brasileiros, quatro italianos, uma Copa América e uma Copa das Confederações. Recentemente, publicou em uma rede social uma foto com a frase "To voltando", e apareceu mais em formas em fotografias recentes.

A reportagem tentou entrar em contato com pessoas próximas a Adriano, mas não obteve resposta até o momento da publicação da matéria.