Tabelião ao lado do advogado de Delfim, Levy Leonardo Monteiro (Foto: Igor Siqueira)

Tabelião ao lado do advogado de Delfim, Levy Leonardo Monteiro (Foto: Igor Siqueira)

Igor Siqueira
09/03/2016
15:16
Rio de Janeiro (RJ)

Um dos advogados contratados pela Federação Catarinense, Delfim Peixoto, voltou à sede da CBF nesta quarta-feira, acompanhado de um tabelião, para novamente tentar ter acesso aos comprovantes de receitas e despesas da entidade referentes ao exercício de 2015.

O advogado Levy Monteiro chegou durante a tarde ao prédio José Maria Marin, assim como tinha feito na sexta-feira passada, antes da abertura do processo que gerou a liminar impedindo a apreciação das contas da CBF na assembleia geral iniciada na segunda-feira. 

A vinda à CBF é uma resposta a mais uma petição da CBF na Justiça. A entidade teve negada a primeira tentativa de derrubar a liminar e contra-argumentou que Delfim estaria inerte, sem interesse de realmente analisar a documentação. Agora, o advogado e o tabelião vão tentar conseguir as cópias dos comprovantes.

O próprio Delfim está na sede da CBF nesta quarta-feira, mas participando do conselho técnico da Série B.