ABC x Botafogo

Botafogo comemora conquista da Série B do Campeonato Brasileiro (Foto: Adalberto Marques/AGIF)

LANCE!
24/11/2015
17:30
Rio de Janeiro (RJ)

O programa de sócio-torcedor ajuda aos clubes, que ganham importante fonte de receita, e também beneficia os associados, com descontos em produtos e serviços e experiências exclusivas. No último final de semana, Marcio Leão, afiliado do Botafogo, pôde viver momentos especiais graças ao projeto de sócio.

Assíduo usuário do Movimento por um Futebol Melhor, Leão foi sorteado pela Brahma para acompanhar o jogo entre Botafogo e ABC, válido pela 37ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, no estádio Mané Garrincha.

O sócio-torcedor do Botafogo acompanhou, das arquibancadas, a vitória por 2 a 1 diante da equipe potiguar, pôde ver, de dentro do campo, a entrega do troféu de campeão nacional, além de conhecer o elenco e comissão técnica da agremiação.

- Fui sorteado na promoção. Além de ter todos os benefícios mensalmente, de cerveja, em supermercado, a gente ajuda o clube e, hoje, a Ambev está me levando a Brasília para ver o Fogão campeão – comenta Leão.

- O Marcio é um privilegiado. Participou das promoções, está curtindo ser sócio-torcedor, vai ao estádio de graça, não se aborrece, tem desconto em Brahma, aproveita tudo de bom e está aqui hoje, campeão da Série B, junto com a gente no Mané Garrincha – afirma Marcio Padilha, vice-presidente Social e de Comunicação do Botafogo.

Para conferir o dia do sócio-torcedor ao lado do Botafogo, clique no link.

De acordo com o Movimento por um Futebol Melhor, o Botafogo possui 13.954 sócios-torcedores e aparece na 15º colocação do Torcedômetro, ranking nacional de associados.

Os sócios-torcedores têm à disposição descontos e benefícios oferecidos por Ambev, Unilever, Pepsico, SKY, TIM, BIC, Centauro.com.br, Easy Taxi, Multiplus, Editora Abril, Méliuz e Raízen, empresas parceiras do Movimento por um Futebol Melhor.

Desde 2013, o Movimento concedeu cerca de R$ 70 milhões em descontos aos associados. Em julho, o projeto atingiu a histórica marca de 1 milhão de sócios e contribui para uma receita estimada de R$ 400 milhões/ano no futebol brasileiro.