Florentino Perez  - Real Madrid (Foto: Pierre-Philippe Marcou/ AFP)

Florentino Pérez, presidente do Real Madrid (Foto: Pierre-Philippe Marcou/ AFP)

RADAR/LANCE!
05/04/2016
13:39
Madri (ESP)

Raúl Giménez e Susana Castaño, dois torcedores do Real Madrid, apresentaram uma queixa ao juizado de primeira instância de Madri contra o presidente dos merengues, Florentino Pérez. Eles pedem uma indenização de 500 euros (cerca de R$ 2 mil) e o motivo é inusitado: eles se sentem afetados econômica e moralmente pela eliminação do Real na Copa do Rei desta temporada.

A equipe da capital espanhola foi eliminada para o Cádiz, em dezembro, porém devido a um acontecimento fora de campo: o Real Madrid escalou o meia Cheryshev de forma irregular - ele tinha sido suspenso quando ainda atuava no Villareal, na temporada passada. 

Os torcedores argumentam que esta eliminação precoce traz um prejuízo ao Real e aos seus respectivos sócios.

- É doloroso suportar as gozações no trabalho e nas cafeterias por parte dos mais conhecidos. Causa angustia e impotência - dizem os torcedores que promoveram a denúncia.

Sobre Cheryshev

O russo estava emprestado ao Villarreal na temporada passada, e em sua última partida pelo clube no torneio, na semifinal contra o Barcelona, recebeu o seu terceiro cartão amarelo na Copa do Rei, e foi suspenso. Embora ele já esteja no Real Madrid, a punição segue com ele. O russo foi titular na partida de ida, e ainda marcou um gol na vitória por 3 a 1.