HOME - Corinthians x Coritiba - Campeonato Brasileiro - Torcida em Itaquera (Foto: Ale Cabral/LANCE!Press)

Corinthians é o líder do Torcedômetro (Foto: Ale Cabral/LANCE!Press)

LANCE!
06/01/2016
07:40
São Paulo (SP)

Na contramão da crise econômica no país, os clubes que fazem parte do Movimento Por um Futebol Melhor registraram em 2015 o maior crescimento de novos sócios-torcedores: foram 285.007 associados, recorde no programa.

Em seu primeiro ano, em 2013, o Movimento teve um aumento de 249.280 novos sócios-torcedores. Em 2014, o crescimento foi de 114.831. Em 2015, o aumento de novos associados é de 148% em relação ao ano anterior, o que demonstra o interesse do sócio-torcedor em contribuir com o clube e aproveitar as vantagens do programa.

Campeões em campo e de sócios-torcedores

Corinthians, campeão brasileiro, e Palmeiras, campeão da Copa do Brasil, lideram em número de crescimento de sócios-torcedores em 2015.

Hexacampeão nacional, o Corinthians registra um aumento de quase 68 mil novos sócios-torcedores. Tricampeão da Copa do Brasil, o Palmeiras ganhou mais de 62 mil associados.

Sócios embalam para vaga na Libertadores

A relação entre o sucesso do sócio-torcedor e de bons resultados dentro de campo pode ser conferido com os clubes brasileiros classificados para a Copa Libertadores da América de 2016.

Dos cinco clubes brasileiros classificados, quatro (Corinthians, Palmeiras, Grêmio e São Paulo) estão no Top 5 do Torcedômetro, o ranking nacional do Movimento por um Futebol Melhor. O Atlético-MG é o 9º colocado.

Apenas o Internacional, terceiro no Torcedômetro, não conseguiu a vaga para a competição sul-americana entre os cinco primeiros do ranking de sócios-torcedores.

O Movimento fechou 2015 com 1.092.508 associados em 67 clubes. Eles geram uma receita estimada de R$ 400 milhões anuais.

Em três anos, o Movimento contribuiu para o aumento de 650 mil novos sócios-torcedores no futebol brasileiro. Esses novos associados representam uma receita estimada de R$ 250 milhões anuais.

Desde 2013, o Movimento registra um crescimento de 600% em número de associados. No início, eram 158 mil.

Somente em 2015, as 12 empresas que fazem parte do Movimento concederam mais de R$ 30 milhões em descontos. Desde o início do programa, foram mais de R$ 70 milhões. Além da Ambev, participam Unilever, Pepsico, SKY, TIM, BIC, Centauro, Easy Taxi, Méliuz, Editora Abril, Multiplus e Shell.