HOME - Fluminense x Palmeiras - Copa do Brasil - Torcida do Verdão (Foto: Cleber Mendes/LANCE!Press)

Na final da Copa do Brasil, só sócios-torcedores estavam no Allianz (Foto: Cleber Mendes/LANCE!Press)

LANCE!
06/01/2016
15:30
São Paulo (SP)

“Nossa autossuficiência sempre esteve em casa e não percebíamos”. Foi assim que o presidente do Palmeiras, Paulo Nobre, definiu o sucesso do Avanti, programa de sócio-torcedor do clube, em 2015. Foram cerca de 62 mil novas inscrições e mais de R$ 40 milhões arrecadados, o que equivale a quase dois contratos de patrocínio master no atual cenário brasileiro. O Palmeiras tem 126.903 sócios-torcedores, de acordo com o Movimento por um Futebol Melhor. No Brasil, só perde para o Corinthians, com 134.227

O clube tem a chance de turbinar estes ganhos nos próximos meses. A tabela da fase de grupos da Libertadores foi divulgada na terça, e a venda de ingressos para os três jogos poderá ser iniciada com antecedência (time joga em casa nos dias 3/3, 9/3 e 14/4). A expectativa é de que a maioria dos bilhetes seja vendida na pré-venda para os sócios-torcedores, grande atrativo para quem ainda não ainda se associou.

O Palmeiras comprovou recentemente, na final da Copa do Brasil, que é possível lotar o Allianz Parque apenas com sócios-torcedores. O jogo contra o Santos foi o primeiro na história do clube em que todos os ingressos foram vendidos para os membros do programa Avanti. Mesmo nos jogos “comuns”, a presença dos sócios-torcedores é alta: 65% em média no ano passado.

A Libertadores será um incentivo a mais para a torcida. A arena e o elenco forte, fatores que praticamente inexistiram em 2014, foram primordiais para o crescimento do programa. Foram 29 mil inscrições naquele ano (contra as 62 mil de 2015) e arrecadação de R$ 15 milhões (contra os R$ 40 milhões da temporada passada – essa conta não considera o valor pago pela Crefisa para a vinda de Barrios, que entra no clube como patrocínio para o Avanti.

– A maioria dos sócios não conhece o Allianz Parque, e creio que nem vá conhecer, porque alguns nem são de São Paulo. Outros participam só para ajudar, que é torcedor de televisão. A quebra de paradigma foi difícil, ter a confiança do torcedor de que o dinheiro não seria para troca de carro de dirigente, mas 100% para o futebol. Uma vez que a gente conseguiu passar isso, o torcedor passou a colaborar – disse Nobre, ao LANCE!.

- Peço que quem não é sócio-torcedor, se torne. E para quem é, que traga um amigo. Se o Palmeiras deu um presente ao torcedor, mais do que merecido, que foi o título da Copa do Brasil, o Palmeiras agora pede um presente ao torcedor. Nos ajude a deixá-los mais felizes ainda. Vamos dobrar nosso número atual. Quanto mais torcedor Avanti, mais forte ficará o Palmeiras - completou.

Clube não prevê mudança

Nas redes sociais, surgiu o boato de que o Avanti poderia ter mudanças nos preços e nos descontos dados nos ingressos para jogos no Allianz Parque – a gratuidade correria o risco de ser extinta com esta alteração.

Há relatos de que funcionários do Avanti estariam aconselhando torcedores interessados em se associar a esperar as mudanças, que seriam anunciadas ainda nesta semana pelo Palmeiras.

A assessoria de imprensa do clube, porém, disse ao LANCE! que não “há nenhuma informação neste sentido até o momento”. O último reajuste foi feito em maio de 2015.