LANCE!
03/06/2016
08:30
São Paulo (SP)

Cada vez mais fundamental para saúde financeira dos clubes de futebol, os programas de sócio-torcedor têm sido modernizados em todas as regiões do Brasil. E o nordeste assumiu papel importante no crescimento dos programas, tendo cinco agremiações entre as 12 que mais conseguiram novas adesões em 2016: Vitória, Náutico, Sport, CSA e ABC.

De volta à elite do futebol nacional após disputar a segunda divisão em 2015, o Vitória é quem lidera a estatística entre os clubes nordestinos. Nesta temporada, a equipe de Salvador conquistou 3.093 novas inscrições, ocupando a sexta colocação no ranking do ano. Ao todo, o time baiano tem 12.400 associados ao seu programa e aparece na 18ª posição do Torcedômetro, ranking nacional do Movimento Por um Futebol.

- Há muitos torcedores apaixonados no nordeste, sendo que parte significativa consome o produto futebol. Estamos sempre entre as maiores médias de público e entre as grandes audiências. Isso também reflete no grande número de sócios-torcedores da região - afirmou o presidente da Federação Bahiana de Futebol, Ednaldo Rodrigues.

Logo atrás do Vitória, Náutico e Sport também apresentam bons números, com 2.233 e 2.014 cadastros, respectivamente. Apesar de estar atrás de um de seus principais rivais em 2016, o clube rubro-negro é o melhor entre os nordestinos no ranking geral, ocupando a 10ª colocação, com 43.689. A agremiação alvirrubra, por sua vez, está na 28ª posição, com 6.111.

Entre os 12 primeiros colocados deste ano, CSA e ABC encerram o ranking. A equipe alagoana conquistou 1.650 sócios-torcedores, enquanto o time potiguar registra 1.391 novas adesões. Na 31ª colocação do Torcedômetro, o CSA tem 4.636 sócios no total, seguido de perto pelo ABC, na 34ª posição, com 3.548.

Lançado em janeiro de 2013, o Movimento Por um Futebol Melhor é peça fundamental na evolução dos programas de sócio-torcedor no país e, atualmente, conta com 1.149.433 inscritos. O Corinthians é o responsável pelo maior número de cadastros, com 128.101. Palmeiras, com 126.675, e Internacional, com 112.756, completam o pódio. Em 2016, porém, o São Paulo é quem mais cresceu, com 19.693 adesões.

Entre seus parceiros, o Movimento conta com empresas de diferentes setores, como Ambev (Brahma), Unilever, Sky, Pepsico, Premiere, Centauro.com.br, Rede de Hotéis Arco, Méliuz e Bic. Desde seu lançamento, o projeto concedeu mais de R$ 60 milhões em descontos aos sócios-torcedores dos 70 clubes participantes.