Wenger - Arsenal x Manchester City

Arsène Wenger completou 20 anos de Arsenal justamente nesta semana (Foto: Jonathan Nackstrand / AFP)

RADAR/LANCE!
30/09/2016
11:50
Londres (ING)

Há 20 anos sob o comando do Arsenal, Arsène Wenger voltou a falar sobre a possibilidade de treinar a seleção inglesa, que está sem técnico desde a saída de Sam Allardyce, demitido na última terça-feira por conta do envolvimento em um esquema de corrupção.

Nesta terça-feira, em entrevista coletiva, Wenger, que está em seu último ano de contrato com os Gunners, deixou as portas abertas para assumir o English Team. 

- Um dia, se eu estiver livre, por que não? - respondeu o técnico de 66 anos, um dos favoritos da Federação Inglesa de Futebol (FA) para assumir o cargo disponível na seleção. 

Sam Allardyce perdeu o cargo por conta de envolvimento em um esquema de fraude denunciado pelo "The Telegraph", na última segunda-feira. No vídeo, gravado com uma câmara escondida do diário, o técnico explica a um repórter (disfarçado de empresário) como escapar das normas que proíbem a participação de investidores nos contratos dos jogadores e concorda em viajar a Singapura e Hong Kong como embaixador para beneficiar a companhia (fictícia, criada pelo jornal).