Sevilla x Manchester City (Foto: CRISTINA QUICLER/AFP)

Fernandinho foi o destaque da vitória (Foto: Cristina Quicler/AFP)

LANCE!
03/11/2015
19:50
Sevilha (ESP)

O Manchester City foi até a Espanha nesta terça-feira para enfrentar o Sevilla, pela quarta rodada do Grupo D da Liga dos Campeões, e com um Fernandinho muito ofensivo e brilhante, bem diferente de como costuma atuar na Seleção Brasileira, garantiu a vitória por 3 a 1 na Andaluzia. Como Borussia Mönchengladbach e Juventus ficaram no empate em 1 a 1 na outra partida da chave, na Alemanha, os Citizens garantem a vaga para as oitavas de final.

O City chega aos nove pontos e abre seis do Sevilla, que é o terceiro. Mas pelo confronto direto, os espanhóis já não podem passar os ingleses, por isso a vaga garantida. A Juventus é a segunda com oito, e o time alemão é o lanterna com dois pontos. Na próxima rodada do Grupo D, apenas no dia 25 de novembro, o Borussia pega o Sevilla na Alemanha, enquanto a Juventus recebe o Manchester City.


Pela escalação, o City deu a impressão que seria defensivo, já que teve Fernando, Fernandinho e Yaya Touré. Mas no início do jogo deu muito certo. Boa marcação, saída em velocidade, e o jogador da Seleção Brasileira brilhando. Do outro lado, o Sevilla tinha Banega centralizado, com a missão de fazer Konoplyanka e Vitolo correrem. Mas não funcionava tão bem assim.

Fernandinho, que tinha muita liberdade jogando quase como um atacante, foi fundamental para isso. No primeiro gol, acertou lindo passe para Sterling, que foi frio na cara de Rico para abrir o placar. Pouco depois, o ex-Liverpool fez grande jogada, com direito a bola entre as pernas do rival, Bony finalizou, o goleiro ofereceu rebote e Fernandinho, rápido e inteligente, completou de cabeça para o gol.

Só aos 25 minutos que funcionou. Coke acabou indo à linha de fundo, fez linda jogada em cima de Otamendi e cruzou para Tremoulinas, em lance de lateral para lateral. O francês cabeceou e fez. Era o suficiente para os andaluzes cresceram. Hart teve que fazer grande defesa em cabeçada de Krychowiak.

Mas no melhor momento do Sevilla, o City foi inteligente. Começou a trocar muitos passes no campo de ataque e esfriou o jogo. Quando conseguiu ser calculista, saiu mais um. Boa jogada de Navas pela direita, Bony recebeu e chutou no contrapé de Rico.

No segundo tempo, o Sevilla entrou disposto a empatar. Esteve com mais presença no campo de ataque, e Unai Emery mexeu, colocando Krohn-Dehli, Mariano e Immobile, todos antes dos 20 minutos. Embora os andaluzes estivessem ofensivos, as melhores chances ainda vinham dos ingleses, que sabiam muito bem quando atacar. Em tabela com Bony, quase que Touré guardou.

Borussia Mönchengladbach x Juventu (Foto:Jorge Guerrero/AFP)
Pogba deu uma assistência (Foto:Jorge Guerrero/AFP)


Na outra partida, o Borussia Mönchengladbach deu adeus às chances de classificação. O empate em 1 a 1 na Alemanha deixa a Juventus praticamente classificada para a próxima fase. O destaque negativo da partida foi a expulsão do brasileiro Hernanes.

O primeiro gol da partida veio após falha de Chiellini ao fazer o corte, Raffael tocou para Johnson, que não perdoou. Ainda no primeiro tempo, veio o lançamento de Pogba para Lichtsteiner, que acertou um lindo chute. A expulsão de Hernanes no segundo tempo acabou dificultando as chances de a Velha Senhora buscar a vitória fora de casa.