LANCE!
04/08/2016
17:04
Rio de Janeiro (RJ)

Já confirmado como reforço do Manchester City para esta temporada a partir de janeiro, Gabriel Jesus pode encaixar de várias formas no time. É sempre difícil prever como um novo técnico vai armar uma equipe, ainda mais quando ele está chegando no clube, e principalmente ele sendo Pep Guardiola, que tem um repertório vasto e sempre tira algum coelho da cartola.

A ideia é encaixar Gabriel Jesus. Então, ele está como titular em todas as formações possíveis. Alguns "intocáveis" de Guardiola devem ser Agüero, De Bruyne, Hart e, talvez, o reforço Gündogan. Fernandinho também moral com Pep, e deve ser utilizado na zaga, como ele próprio já adiantou.

Gabriel Jesus
Cesar Greco/Ag. Palmeiras

Com vários jogadores de alta categoria e boas contratações, Guardiola tem diversas opções para armar o time. Se ele quiser armar um 4-3-3, pode fazer um meio-campo Gündogan mais atrás, Nasri ao seu lado mais avançado, e De Bruyne como o principal armador. Gabriel Jesus ficaria aberto por um lado, Sané do outro, e Agüero centralizado.

Para fazer o 4-4-2, há pelo menos duas boas opções. Na primeira, e bem ofensiva, fazendo um losango no meio. Gündogan mais atrás, De Bruyne e Sterling na linha seguinte, e David Silva na outra ponta. Agüero e Gabriel Jesus fazendo dupla de frente.

Com o 4-4-2 "duplinhas", Gündogan e Yaya Touré podem fazer a primeira linha, De Bruyne e Jesús Navas na seguinte, com o espanhol aproveitando para dar profundidade (mas tendo outros nomes como Silva, Sterling...), além de Jesus e Agüero avançados.

Outra opção é o 4-1-4-1. Gündogan (no caso do alemão, há ainda a hipótese de usar Fernando em praticamente todas essas formações), com De Bruyne e Sterling na frente (ou Silva, Nasri, Touré...), Gabriel Jesus e Sané (Navas), e Agüero na frente.

Um sistema com o meio invertido poderia ser adotado, o 4-4-1-1. Neste caso, Gündogan, Nasri (Touré), De Bruyne e Sterling fazem o meio, com Gabriel Jesus atrás de Agüero, fazendo muita movimentação caindo pelos lados.

Por se tratar de Guardiola, dá para imaginar um esquema com apenas um zagueiro. Kompany (Otamendi, Mangala...) fica no meio, com um lateral de cada lado. Dois volantes na frente, que poderiam ser Fernandinho e Gündogan, com uma linha de três na frente, e Jesus fazendo dupla com Agüero.