icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
19/08/2015
17:43

O Valencia conseguiu uma importante vitória nesta quarta-feira, nos playoffs da Liga dos Campeões. O time espanhol bateu o Monaco por 3 a 1, no Mestalla, e pode perder por um gol de diferença no Principado para conseguir um lugar na fase de grupos da competição. Rodrigo, Parejo e Feghouli marcaram os gols dos "Che", enquanto Pasalic descontou para os franceses. Na terça-feira, as equipes voltam a campo para definir quem se classifica.

O Valencia dominou grande parte do primeiro tempo, deixando o Monaco acuado em seu próprio campo. Tanto que marcou logo aos quatro minutos. Após cruzamento da esquerda, Feghouli ajeitou de cabeça e Rodrigo só teve o trabalho para empurrar para as redes.

Os espanhóis seguiram em cima e perderam algumas boas chances, principalmente com Alcácer. O Monaco só entrou no jogo após falha da defesa do Valencia. Aos 31 minutos, a zaga saiu jogando mal, Martial roubou a bola e passou para Bernardo Silva. O português fuzilou o goleiro Ryan, que com um leve toque, conseguiu a defesa. A 'redonda' ainda explodiu na trave direita.



A partir do erro, o Valencia ficou perdido em campo e errava passes fáceis. E já não incomodava mais o goleiro Subasic. Vendo o nervosismo do adversário, o Monaco foi para cima e até chegou ao gol, que foi bem invalidado pelo árbitro. Martial, impedido, tentou duas vezes - uma de letra - para vencer Ryan. Mas o juiz anulou.


Feghouli marcou o terceiro gol do Valencia na partida (Foto: Biel Alino / AFP)

No intervalo, o técnico Nuno Espírito Santo não conseguiu fazer o Valencia voltar a jogar bem. Tanto que aos quatro minutos, o Monaco empatou. Martial fez linda jogada pela esquerda e cruzou. A zaga afastou mal e deixou à feição para Pasalic marcar.

O empate em casa seria desastroso para o Valencia. Com o 1 a 1, o técnico do time espanhol colocou Piatti em campo aos 11. Dois minutos depois, ele foi fundamental para o segundo gol. Barragán cruzou da direita, o argentino ajeitou e o capitão Parejo marcou.

O jogo seguiu aberto, com o Valencia tentando o terceiro gol e o Monaco buscando o empate. Mas quem foi mais eficaz foi time da casa. Após cobrança de escanteio, a defesa do Monaco não afastou bem e Feghouli chutou forte, da entrada da área, para fechar o placar: 3 a 1 e festa no Mestalla.

CELTIC EM VANTAGEM

O Celtic fez o dever de casa e bateu o Malmo, da Suécia, por 3 a 2. O herói do time escocês foi Griffiths, que marcou dois gols. Bitton fez o outro. Berget fez os dois dos suecos.

Com o resultado, o Celtic pode empatar na Escandinávia que avança à fase de grupos da Liga dos Campeões.

SHAKHTAR VENCE COM GOL BRASILEIRO

O meia-atacante Marlos fez o único gol da vitória do Shakhtar Donetsk por 1 a 0 sobre o Rapid Viena, na Áustria, na fase de playoffs da Liga dos Campeões. O brasileiro recebeu de Rakitsky dentro da área, deu um corte seco no zagueiro e marcou um lindo gol.

Desta forma, o time ucraniano pode até empatar, em casa, que vai jogar a fase de grupos da Champions.

OUTROS JOGOS

Basel (SUI) 2 x 2 Maccabi Tel Aviv (ISR)
Skenderbeu (ALB) 1 x 2 Dínamo Zagreb (CRO)

O Valencia conseguiu uma importante vitória nesta quarta-feira, nos playoffs da Liga dos Campeões. O time espanhol bateu o Monaco por 3 a 1, no Mestalla, e pode perder por um gol de diferença no Principado para conseguir um lugar na fase de grupos da competição. Rodrigo, Parejo e Feghouli marcaram os gols dos "Che", enquanto Pasalic descontou para os franceses. Na terça-feira, as equipes voltam a campo para definir quem se classifica.

O Valencia dominou grande parte do primeiro tempo, deixando o Monaco acuado em seu próprio campo. Tanto que marcou logo aos quatro minutos. Após cruzamento da esquerda, Feghouli ajeitou de cabeça e Rodrigo só teve o trabalho para empurrar para as redes.

Os espanhóis seguiram em cima e perderam algumas boas chances, principalmente com Alcácer. O Monaco só entrou no jogo após falha da defesa do Valencia. Aos 31 minutos, a zaga saiu jogando mal, Martial roubou a bola e passou para Bernardo Silva. O português fuzilou o goleiro Ryan, que com um leve toque, conseguiu a defesa. A 'redonda' ainda explodiu na trave direita.



A partir do erro, o Valencia ficou perdido em campo e errava passes fáceis. E já não incomodava mais o goleiro Subasic. Vendo o nervosismo do adversário, o Monaco foi para cima e até chegou ao gol, que foi bem invalidado pelo árbitro. Martial, impedido, tentou duas vezes - uma de letra - para vencer Ryan. Mas o juiz anulou.


Feghouli marcou o terceiro gol do Valencia na partida (Foto: Biel Alino / AFP)

No intervalo, o técnico Nuno Espírito Santo não conseguiu fazer o Valencia voltar a jogar bem. Tanto que aos quatro minutos, o Monaco empatou. Martial fez linda jogada pela esquerda e cruzou. A zaga afastou mal e deixou à feição para Pasalic marcar.

O empate em casa seria desastroso para o Valencia. Com o 1 a 1, o técnico do time espanhol colocou Piatti em campo aos 11. Dois minutos depois, ele foi fundamental para o segundo gol. Barragán cruzou da direita, o argentino ajeitou e o capitão Parejo marcou.

O jogo seguiu aberto, com o Valencia tentando o terceiro gol e o Monaco buscando o empate. Mas quem foi mais eficaz foi time da casa. Após cobrança de escanteio, a defesa do Monaco não afastou bem e Feghouli chutou forte, da entrada da área, para fechar o placar: 3 a 1 e festa no Mestalla.

CELTIC EM VANTAGEM

O Celtic fez o dever de casa e bateu o Malmo, da Suécia, por 3 a 2. O herói do time escocês foi Griffiths, que marcou dois gols. Bitton fez o outro. Berget fez os dois dos suecos.

Com o resultado, o Celtic pode empatar na Escandinávia que avança à fase de grupos da Liga dos Campeões.

SHAKHTAR VENCE COM GOL BRASILEIRO

O meia-atacante Marlos fez o único gol da vitória do Shakhtar Donetsk por 1 a 0 sobre o Rapid Viena, na Áustria, na fase de playoffs da Liga dos Campeões. O brasileiro recebeu de Rakitsky dentro da área, deu um corte seco no zagueiro e marcou um lindo gol.

Desta forma, o time ucraniano pode até empatar, em casa, que vai jogar a fase de grupos da Champions.

OUTROS JOGOS

Basel (SUI) 2 x 2 Maccabi Tel Aviv (ISR)
Skenderbeu (ALB) 1 x 2 Dínamo Zagreb (CRO)