LANCE!
31/03/2016
10:51
Valencia (ESP)

Manchester United e Valencia podem travar uma grande disputa por José Mourinho. Até então soberano na corrida pelo técnico, agora os Red Devils têm a concorrência do clube espanhol, que demitiu nesta quarta-feira Gary Neville. Para convencer o Special One, os "Che" têm algumas cartas na manga. Segundo o "The Sun", uma delas seriam uma proposta de 19 milhões de euros (R$ 77,7 milhões) anuais, além de um bônus de 12 milhões de euros (R$ 49,1 milhões) pela assinatura do contrato.

Além das altas cifras, o Valencia tem como trunfo o empresário de Mourinho, Jorge Mendes, que tem relação próxima com Peter Lim, milionário de Cingapura e dono do clube espanhol. Contudo, a própria imprensa inglesa já havia cravado o acerto do 'Special One' com o United. O português teria até assinado um pré-contrato para substituir Louis Van Gaal.

Para o lugar de Gary Neville, o Valencia escolheu Paco Ayestarán, que ficará até o fim da temporada. Se não conseguir contratar José Mourinho, o clube espanhol deve ir atrás de outro nome vindo da Premier League. Trata-se de Manuel Pellegrini, que vai deixar o Manchester City no fim da temporada e dará lugar a Pep Guardiola.

Gary Neville, de fato, não foi bem em sua primeira oportunidade como treinador. Ele chegou ao futebol espanhol no início de dezembro e comandou o time em 28 oportunidades, com apenas dez vitórias, sete empates e 11 derrotas.

Gary Neville
Neville foi demitido do Valencia (Foto: Reprodução /  Twitter) 

Ele deixa o Valencia na 14ª colocação do Campeonato Espanhol, com apenas 34 pontos, perto da zona do rebaixamento. O Getafe é o 18º e soma 28.

Além da má colocação no Espanhol, Gary Neville também não deu prosseguimento em outros torneios na temporada. Na Liga dos Campeões, caiu na fase de grupos, terminando em terceiro e alcançando um lugar na Liga Europa. Contudo, caiu diante do Athletic Bilbao nas oitavas de final. Na Copa do Rei, perdeu para o Barcelona nas semifinais, após levar 7 a 0 no Camp Nou.