HOME - Treino da Seleção Brasileira para enfrentar a Argentina em Buenos Aires - Eliminatórias Sul-Americanas - Neymar (Foto: Nelson Almeida/AFP)

Neymar segue com bens bloqueados (Foto: Nelson Almeida/AFP)

RADAR/LANCE!
15/11/2015
10:51
Rio de Janeiro (RJ)

Neymar seguirá com seus bens bloqueados pela Justiça brasileira. Segundo informações do blog do jornalista Rodrigo Mattos, do portal UOL, a 3a Turma do Tribunal Regional Federal manteve o bloqueio no valor total de R$ 189 milhões. A ação ocorre porque o craque do Barcelona e da Seleção Brasileira é acusado de sonegação de impostos. Os advogados do jogador agora vão entrar com um recurso no Superior Tribunal de Justiça (STJ) para alterar a decisão.

Segundo a Fazenda Nacional, Neymar sonegou R$ 63,6 milhões em impostos entre os anos de 2011 e 2013. O montante seria referente a sua transferência do Santos para o Barcelona. Como pena, a Justiça cobra uma multa de 150% sobre esse valor, por isso o bloqueio dos bens do jogador.

Além dos bens do jogador, também foram bloqueados ativos de empresas ligadas a ele, como a N & N, que pertencem aos seus pais. O tribunal ainda negou o segredo de justiça pedido pela defesa de Neymar. Apenas alguns documentos são mantidos em sigilo.

Neymar está com a Seleção Brasileira em Salvador, onde enfrenta o Peru, na próxima terça-feira, pela quarta rodada das Eliminatórias da Copa do Mundo de 2018. Segundo a assessoria de imprensa do craque, ele vai recorrer porque segundo o escritório responsável pelo caso, a jurisprudência predominante é favorável ao desbloqueio dos bens”.