Tottenham x Arsenal

Arsenal e Tottenham terminaram o último campeonato em segundo e terceiro, respectivamente (Foto: AFP)

LANCE!
08/08/2016
14:22
Londres (ING)

Tottenham e Arsenal tem uma das rivalidades mais fortes na Inglaterra e duas coisas em comum: geralmente brigam pelo quarto lugar e são os reis do 'agora vai?'. Os clubes de Londres até tentaram atrapalhar os planos do Leicester na última temporada, mas não tiveram sucesso. Os Spurs, que terminaram em terceiro, tentam entrar para o grupo dos grandes que disputam - e ganham - títulos. Já os Gunners ficaram com o vice e querem sair da fila para finalmente levantar o caneco da Premier League.

Talvez o último ano tenha sido a melhor chance das duas equipes de conseguir o título. Os principais candidatos não conseguiram viver bons momentos e nenhum dos dois foram capazes de acabar com o conto de fadas do time de Claudio Ranieri. Agora, a tendência é que a disputa seja mais acirrada, principalmente considerando os grandes nomes (jogadores e técnicos) que chegaram à Inglaterra.

O time do artilheiro Harry Kane teve os reforços de Victor Wanyama e Vincent Janssen. Apesar de se tornar mais competitivo e ter uma disputa de Liga dos Campeões pela frente, o treinador Mauricio Pochettino terá trabalho para repetir o desempenho da última temporada. Inclusive, mesmo fazendo uma das melhores campanhas recentes e ficando em segundo quase todo campeonato, o time de White Hart Lane não conseguiu terminar à frente de seu rival.

Já Arsene Wenger segue sendo um dos maiores problemas do Arsenal. O treinador está no clube desde 1996 e grande parte dos torcedores acredita que, graças a ele, o clube não consegue atingir voos mais altos nas competições nacionais e internacionais. Além disso, os Gunners mais uma vez não foram fortes para o mercado. As caras novas que chegam ao Emirates são Granit Xhaka, um suíço que estava no Borussia Mönchengladbach, e Rob Holding, inglês que pertencia ao Bolton Wanderers e estava emprestado ao Bury.

Enquanto isso, Pep Guardiola chegou ao Manchester City e José Mourinho ao United, trazendo consigo Zlatan Ibrahimovic. O Chelsea contratou o técnico Antonio Conte e o meia Kanté, e o Liverpool poderá contar com o trabalho de Jürgen Klopp desde o início da temporada. É difícil pensar em um cenário no qual os dois clubes londrinos possam brigar por grandes coisas.