Torcida da Itália em Israel

Torcida italiana demonstra intolerância em Israel (Foto: Reprodução)

LANCE!
07/09/2016
20:36
Haifa (ISR)

Na última segunda-feira, em Haifa, a Itália visitou e venceu Israel por 3 a 1, pela primeira rodada do Grupo G das Eliminatórias Europeias da Copa do Mundo de 2018. Durante a execução dos dois hinos nacionais, a torcida da Azzurra foi flagrada fazendo gestos nazistas direcionados ao público local.

A Federação Italiana (FIGC) pode ser penalizada por conta da atitude dos torcedores. A Uefa investigará o assunto. O jornal "La Repubblica" afirma que dois seguidores da seleção visitante foram expulsos do estádio.

Após a repercussão negativa, a FIGC divulgou uma nota condenando a ação dos próprios torcedores.

- Confiamos que as autoridades indicarão e condenarão os culpados - reiterou o presidente da entidade, Carlo Tavecchio, em conversa com o embaixador da Itália em Israel, Francesco Maria.

A torcida da Itália já apresentava antecedentes negativos de comportamento antes dos gestos nazistas. Na semana passada, em Bari, parte do público vaiou o hino da França, antes de a bola rolar para amistoso entre as duas seleções. Na ocasião, o goleiro Buffon, da Azzurra, puxou aplausos, foi acompanhado pelos companheiros de equipe, e a torcida acabou fazendo o mesmo.