Tévez

Tevez fez grande partida e colocou o Boca nas quartas de final (Foto: Divulgação/Twitter Oficial do Boca Juniors)

RADAR/LANCE!
05/05/2016
23:40
Buenos Aires (ARG)

O Boca Juniors voltou a vencer o Cerro Porteño nesta quinta-feira e garantiu vaga na próxima vaga da Copa Libertadores. Além do apoio da torcida que compareceu na Bombonera, o time argentino contou com Tevez em grande noite para vencer por 3 a 1. Atacante fez um, deu assistência para Pavón marcar o segundo e começou a jogada para o gol de Pérez. Rodrigo Rojas fez para os visitantes. Nas quartas de final, o Boca irá encarar o Nacional, do Uruguai.

O JOGO
A primeira etapa de jogo foi bastante movimentada e logo aos dois minutos, o juiz marcou pênalti de Bonet em cima de Carrizo. Tevez foi para a cobrança, bateu no meio e abriu o placar para o time argentino. Cinco minutos após marcar, o Boca Juniors quase ampliou com Carrizo, mas Anthony Silva conseguiu salvar o time paraguaio. 

Precisando da virada para garantir a classificação, o Cerro Porteño foi em busca do empate e chegou com Rodrigo Rojas, também de pênalti. O jogo era eletrizante e os mandantes desperdiçaram grande chance com Pavón, no lance seguinte. A equipe paraguaia não se intimidava na Bombonera lotada. Aos 27, Domínguez recebeu na área, cortou duas vezes o zagueiro e chutou na trave. Os times foram para o intervalo com 1 a 1 no marcador. 

O Boca Juniors voltou para o segundo tempo pressionando e quase marcou em duas oportunidades com Tevez. Precisando de mais um gol, o Cerro foi para o ataque e quase virou o jogo com Domínguez, que limpou os zagueiros e tocou na saída de Orión, que esticou a perna para evitar o segundo dos visitantes. Aos 24, os paraguaios viram o goleiro argentino impedir o gol de Leal, após uma bomba na cobrança de falta.

Mesmo com o adversário estando em um momento melhor, quem voltou a marcar foi o time do Boca, em belo contra-ataque. Tevez deixou Pavón na cara do gol, para tocar na saída do goleiro e estufar as redes.

Os visitantes, porém, continuavam atrás de seu gol, mas paravam em grande noite de Orión, que fez ótimas defesas e segurou o resultado para os argentinos. O Cerro ainda ficou com um menos, após a expulsão de Valdez. Antes do apito final, o Boca ainda ampliou com Pérez e carimbou o seu passaporte para as quartas.

Na próxima fase, o Boca Juniors irá medir forças com o Nacional, do Uruguai, que eliminou o Corinthians.  Os argentinos têm a vantagem de decidir em casa, já que fizeram melhor campanha na fase de grupos da competição.