Mauricio Pochettino - Tottenham (Foto: Divulgação)

Mauricio Pochettino é o técnico do Tottenham (Foto: Divulgação)

LANCE!
04/03/2016
16:24
Londres (ING)

O Tottenham enfrenta o Arsenal neste sábado em jogo que é considerado o dérbi do norte de Londres mais importante dos últimos 50 anos. E entre os treinadores, parece haver um grande respeito. Mauricio Pochettino, técnico dos Spurs, colocou Arsène Wenger, comandante dos Gunners, no mesmo patamar de Sir Alex Ferguson, e ainda disse que o francês é como se fosse o Messi ou o Maradona de sua função.

- Ele é um dos grandes nomes da história do futebol. É uma capacidade especial que Alex Ferguson tinha e agora tem Arsène Wenger. Eu não sei se a capacidade dos treinadores mudou ou se foi o futebol que mudou, é difícil dizer. Talvez sejam pessoas especiais. Talvez Ferguson e Wenger sejam pessoas especiais por terem sido capazes de ficar tanto tempo em seus emprego. Talvez nós não sejamos tão especiais desse jeito - disse o argentino, que citou dois dos maiores do seu país para ilustrar sua opinião sobre Wenger:

- É como Diego Maradona ou Lionel Messi. É difícil achar jogadores que joguem tão bem em todas as temporadas como eles, né? Talvez quando a gente pense em pessoas especiais como Ferguson ou Wenger, talvez não sejam os clubes que sejam mais especiais que os outros, mas os treinadores.

Wenger vai colocar o Arsenal no ataque contra o Bayern (Foto: Ian Kington / AFP)
Wenger está no Arsenal desde 1996 (Foto: Ian Kington / AFP)

Considerado um dos maiores treinadores da história, Sir Alex Ferguson assumiu o Manchester United em 1986, e deixou o time em 2013 como uma das maiores potências do mundo. Wenger chegou ao Arsenal em 1996 e é o técnico mais longevo da Premier League.

Em relação ao jogo de sábado no White Hart Lane, Pochettino espera que o time não se mostre abatido pela derrota no meio desta semana contra o West Hamm.

- Os jogadores estão bem. Eles estão tristes e desapontados pela derrota, mas o torneio não para. Temos que estar prontos para competir novamente. Esperamos outro jogo difícil contra o Arsenal e precisamos de toda a energia para vencer.