LANCE!
08/02/2017
11:00
Barcelona (ESP)

Insatisfeito com a arbitragem de Gil Manzano, o Barcelona anunciou nesta quarta-feira, um dia após a classificação à final da Copa do Rei sobre o Atlético de Madrid, que irá entrar com um recurso contestando o segundo cartão amarelo direcionado a Suárez, suspenso da decisão, e Busquets, outro punido.

O camisa 9, autor do gol no 1 a 1 com os Colchoneros, recebeu o segundo amarelo por conta de uma proteção de bola, em lance com Koke, quando usou o braço de forma rude, de acordo o juiz. Ele saiu de campo reclamando do apito.

- Eu rio da minha é expulsão, é algo que se via que viria. Parecia que era o que queria. O segundo cartão não é nem falta. O árbitro não me deu nenhuma explicação, como sempre - disse Suárez, que, assim como Sergi Roberto, foi expulso.

Suárez também comentou sobre uma hipotética punição a ele por ter reclamado em tom irônico. E isso pode de fato ocorrer. De acordo com o jornal "Marca", o Comitê Técnico de Árbitros decidiu denunciar o jogador à Liga Espanhola. Luisito, com isso, poderia ser ausência de dois a três jogos.

REVOLTA DO OUTRO LADO

Cabe ressaltar que Manzano também deixou o outro lado descontente. Principalmente por um gol mal anulado de Griezmann, o técnico Diego Simeone deixou o Camp Nou em protesto. 

- Os árbitros podem errar, assim como os jogadores. Mas os jogadores são punidos, e não se se podem punir os árbitros. Dos dois lados se vê o que mais convém a cada time. Mas tenho claro porque temos mais chances na Champions do que na Liga ou na Copa - salientou Cholo. 

FINAL

Polêmicas à parte, o Barcelona espera agora o vencedor do confronto entre Alavés e Celta, que medem forças pela volta da outra semifinal nesta quarta, às 8h (de Brasília), em Vitória.

No jogo de ida, as equipes empataram em 0 a 0, em duelo realizado no Balaídos, casa do time de Vigo.