Campeonato Inglês - Sunderladn x Manchester United

Sunderland venceu e, em casa, torcedores celebraram o feito histórico (Foto: AFP/OLI SCARFF)

LANCE!
13/02/2016
12:45

Depois de mais uma rodada do Campeonato Inglês, a fase do Manchester United não dá indícios de que vá melhorar. A equipe de Van Gaal visitou o Sunderland e perdeu por 2 a 1. O time da casa abriu o placar ainda no início da partida, mas o Red Devils chegou ao empate ainda no primeiro tempo. Na etapa final, porém, o Sunderland conseguiu o segundo gol e garantiu a vitória. O triunfo foi histórico, pois quebrou um tabu que durava desde 1997, ano da última vitória do Sunderland sobre o United pelo Campeonato Inglês.

Com o resultado, o United permanece com 41 pontos, seis atrás do Manchester City, quarto colocado. Vale lembrar, porém, que o City jogará neste domingo. Já o Sunderland, chegou aos 23 pontos, saindo da penúltima colocação e ficando apenas um ponto atrás do Newcastle, primeiro fora da zona de rebaixamento. Na próxima rodada, o Manchester United tem o clássico com o Arsenal, enquanto o Sunderland encara o West Ham.

O primeiro tempo foi bastante movimentado, com o Sunderland começando melhor. Mal a partida havia iniciado e Khazri, em cobrança de falta, fez os torcedores presentes celebrarem. Após o gol, a equipe da casa conseguiu criar boas oportunidades, mas parou no goleiro De Gea. Aos poucos, o United foi se acertando e levando perigo ao adversário, mas ainda faltava acertar o último passe para chegar ao gol. Quando isso aconteceu, Martial aproveitou rebote e, com um toque de categoria, balançou a rede.

A etapa final consagrou o goleiro De Gea como o melhor jogador do United na partida, o que demonstra que a atuação dos comandados de Van Gaal não foi das melhores. Apesar de mais posse de bola, o time de Manchester não conseguia crias as oportunidades. Explorando mais a velocidade e os contra-ataques, o Sunderland foi mais efetivo, mas parou no camisa 1 do United.

Assim como na primeira metade da partida, o United foi melhorando e chegou a pressionar por alguns minutos, mas, justamente neste momento, o Sunderland engatou um ataque e conseguiu um escanteio. Na cobrança, Kone subiu sem marcação e cabeceou. De Gea caiu para a defesa, a bola ainda pegou no goleiro antes de entrar, o que acabou fazendo com o que o gol fosse creditado como gol contra.

Próximo ao fim do jogo, o Sunderland conseguiu manter a posse de bola e esperou o apito final para celebrar o feito histórico.

Ao fim da partida, novos protestos da torcida contra o técnico Van Gaal, que vem sendo pressionado desde o fim do ano passado.