Neymar, Suarez e Messi (Foto: AFP / ODD ANDERSEN)

Neymar, Suárez e Messi formam trio mortal (Foto: AFP / ODD ANDERSEN)

LANCE!
16/02/2016
09:05
Barcelona (ESP)

A cada rodada, o mundo se encanta ainda mais com o trio MSN. A última exibição de gala veio no último domingo, na vitória por 6 a 1 sobre o Celta de Vigo, no Camp Nou. A goleada teve direito a três gols de Suárez, pênalti convertido em jogada ensaiada e show em campo. E as excelentes atuações foram premiadas. O site "Squawka" elegeu-o como o melhor do século 21.

A publicação aponta 12 melhores trios, colocando o MSN no topo. Messi, Suárez e Neymar ganharam cinco títulos na temporada, de seis possíveis, e já marcaram 86 gols juntos - 39 do uruguaio, 25 do argentino e 22 do brasileiro.

O único trio genuinamente brasileiro foi o da Copa do Mundo de 2002, com Ronaldo, Ronaldinho Gaúcho e Rivaldo, que ficou em segundo de acordo com o site. Juntos, eles faturaram seis prêmios de Melhor do Mundo, além do Mundial naquele ano.

- Tente tirar a bola dos R's. Ronaldo, Ronaldinho e Rivaldo deram ao Brasil a Copa do Mundo de 2002, sediada na Coreia do Sul e no Japão. O trio fez 15 gols durante o torneio e encantou os torcedores com um controle de bola excepcional, habilidade no passe e finalização excepcional. O sistema criado pelo técnico Luis Felipe Scolari deixou todos os jogadores felizes e possibilitou que cada um deles mostrasse suas habilidades de tirar o fôlego - comentou.

VEJA A LISTA

1 - Messi, Suárez e Neymar (Barcelona - 2015/16)
2 - Ronaldo, Ronaldinho Gaúcho e Rivaldo (Seleção Brasileira - 2002)
3 - Pires, Henry e Bergkamp (Arsenal - 2003/04)
4 - Tevez, Cristiano Ronaldo e Rooney  (Manchester United - 2007/08)
5 - Crespo, Shevchenko e Kaká (Milan - 2004/05)
6 - Götze, Reus e Lewandowski (Dortmund - 2012/13)
7 - Bale, Benzema e Cristiano Ronaldo (Real Madrid - 2013/14)
8 - Messi, Pedro e David Villa (Barcelona - 2010/11)
9 - Sturridge, Suárez e Sterling (Liverpool - 2013/14)
10 - Robben, Ribéry e Mandzukic (Bayern de Munique - 2013)
11 - Eto'o, Diego Milito e Pandev (Inter de Milão - 2009/10)