Tevez - Croácia x Argentina (Foto: Ian Kington/AFP)

Tevez voltou a frequentar a seleção com Tata (Foto: Ian Kington/AFP)

LANCE!
20/05/2016
18:36
Buenos Aires (ARG)

O técnico Gerardo Martino revelou nesta sexta-feira a convocação da seleção argentina para a Copa América. A principal surpresa da lista de Tata é a ausência de Tevez. O jogador do Boca Juniors ficou um longo período ausente, tinha retornado depois da Copa do Mundo, e esteve na pré-lista, mas acabou ficando de fora. Dybala, da Juventus, também não foi chamado.

Os jogadores de frente escolhidos por Tata foram Higuaín e Agüero. O jogador do Napoli foi o artilheiro do Campeonato Italiano, enquanto Kun ficou atrás apenas de Kane na Premier League, com apenas um gol a menos.

Tevez, que esteve na Copa América do ano passado, em que a Albiceleste perdeu a final para o Chile, ainda tem o prestígio daquela ocasião, mas desde que resolveu retornar ao seu país, acabou ficando um degrau abaixo de Higuaín e Agüero, que seguiram em alto nível na Europa.

Quem agradece é o Boca Juniors, que terá Carlitos menos cansado para a semifinal da Copa Libertadores. Os jogos contra o vencedor de Independiente del Valle e Pumas serão apenas depois do torneio continental nos Estados Unidos.

Já Dybala deve seguir o mesmo caminho de Neymar. O atacante da Juventus não vai para a Copa América, mas deve ser convocado para os Jogos Olímpícos do Rio de Janeiro.

A Argentina está no Grupo D da Copa América e estreia contra o Chile em Santa Clara no dia 6 de junho. Bolívia e Panamá são as outras seleções da chave.

CONFIRA A LISTA DE GERARDO MARTINO
Goleiros:
Romero (Manchester United), Guzmán (Tigres), Andújar (Estudiantes)
Defensores: Mercado (River Plate), Roncaglia (Fiorentina), Otamendi (Manchester City), Maidana (River Plate), Funes Mori (Everton), Rojo (Manchester United) e Cuesta (Independiente)
Meias: Kranevitter (Atlético de Madrid), Mascherano (Barcelona), Banega (Sevilla), Biglia (Lazio), Pastore (PSG), Fernández (Atlético de Madrid), Lamela (Tottenham), Di María (PSG) e Gaitán (Benfica)
Atacantes: Lavezzi (Hebei Fortune), Messi (Barcelona), Agüero (Manchester City) e Higuaín (Napoli)