HOME - PSG x Reims - Campeonato Francês - Ibrahimovic (Foto: Thomas Samson/AFP)

Ibra comemora na vitória do PSG (Foto: Thomas Samson/AFP)

LANCE!
20/02/2016
15:56

Após o empate com o Lille, o Paris Saint-Germain reencontrou o caminho das vitórias no Campeonato Francês e bateu o Reims por 4 a 1, em casa, com dois gols de Ibrahimovic. A equipe do técnico Laurent Blanc se mantém na liderança isolada da competição, com 73 pontos, 27 pontos à frente do segundo colocado Monaco. Por outro lado, o Reims permanece com 29 pontos e está apenas com dois pontos a mais que o Ajaccio, primeiro da zona de rebaixamento.

O brasileiro Lucas, que entrou na vaga de Di Maria, contribuiu para o triunfo ao dar assistência para um dos gols do atacante sueco, o segundo da equipe da capital. Van der Wiel abriu o placar e o Reims chegou a empatar, com Oniangue, mas Ibra, duas vezes, e Cavani garantiram os três pontos. Com o resultado, a equipe de Blanc ainda está invicta nos jogos no Parc des Princes. Na próxima rodada, o PSG encara o Lyon, fora de casa. Enquanto o Reims terá o Bordeaux pela frente.

O primeiro tempo começou movimentado e, logo em uma das primeiras oportunidades, Van der Wiel conseguiu balançar a rede, após passe de Ibrahimovic. Depois de abrir o placar, a equipe de Blanc passou a comandar as ações e ter maior parte da posse de bola, porém, não ampliou a vantagem e viu o Reims assustar, quando Oniangue aproveitou assistência de De Preville.

O fantasma do empate com o Lille rondava o estádio Parc des Princes, mas Ibra tratou de acalmar a torcida. Lucas, que entrou no lugar do lesionado Di Maria, achou o sueco, que não desperdiçou e colocou o PSG à frente novamente. Com a vitória parcial, os jogadores passaram a trocar mais passes e tramar jogadas mais objetivas. Em uma dessas, já nos acréscimos do primeiro tempo, Cavani conseguiu fazer o terceiro.

Com esse cenário, o que se viu no segundo tempo foi um time apenas administrando a vitória. Com um Reims completamente dominado, o PSG praticamente não era atacado e fazia um jogo apenas no campo de ataque. Quase que em ritmo de treino, Ibra, impedido, ainda fez o quarto, ao bater de primeira depois de cruzamento da direita. O Reims ainda arriscava alguns contra-ataques, mas esbarrava nos erros de passe.

Cavani ainda teve a chance de fazer o quinto gol, mas Carrasso voou para fazer a defesa e evitar uma derrota ainda pior.