RADAR/LANCE!
24/09/2016
13:11
Gijón (ESP)

Sem Messi, machucado, Neymar e Suárez tinham a missão de conduzir o Barcelona de volta ao caminho da vitória, após o empate na última rodada em pleno Camp Nou diante do Atlético de Madrid. Missão dada, missão cumprida. Com dois gols de Neymar e um de Suárez, os atacantes lideraram a equipe na goleada por 5 a 0 sobre o Sporting Gijón, fora de casa, em jogo válido pela sexta rodada do Campeonato Espanhol. Rafael Alcantara e Arda Turan também deixaram suas marcas.

Com o triunfo, o Barcelona assume provisoriamente a liderança da Liga com 13 pontos, ao lado do rival Real Madrid, que joga ainda neste sábado, às 15h45, fora de casa, diante do Las Palmas. O Sporting Gijón ficou com sete pontos, na 12ª colocação, mas pode perder algumas posições após os demais jogos da rodada.

A partida marcou o reencontro de Luis Enrique com o clube ao qual é torcedor declarado. Nascido em Gijón, o técnico do Barça é amigo de longa data do treinador Abelardo Fernández, com quem jogou nas categorias de base e que morava a algumas ruas de distância na adolescência.

O Barcelona volta a campo nesta quarta-feira, às 15h45, contra o Borussia Mönchengladbach pela Liga dos Campeões .

O JOGO

A partida começou com a marcação muito forte das duas equipes. Logo aos quatro minutos,  o português André Gomes tocou para Neymar, que ao ajeitar para Suárez na entrada da área, viu a defesa adversária afastar o perigo. Pouco depois, após Rafinha sofrer falta na entrada da área, Neymar cobrou falta, mas a bola desviada na barreira acabou nas mãos de Cuéllar. O lance mais polêmico da etapa inicial ocorreu aos dez minutos. Em contra-ataque do Sporting Gijón, a bola bateu na mão de Busquets, porém o árbitro ignorou o lance para a revolta dos torcedores presentes no estádio.

Por meio de forte marcação, o Gijón conseguiu equilibrar o jogo nos primeiros minutos, mas o Barcelona marcou duas vezes em três minutos. Aos 28, após uma falha que resultou na perda da bola no meio-campo, Arda Turan lançou de primeira para Suárez, que ao ver Cuéllar saindo no desespero, deu um toque de leve para superar o goleiro e tocar em seguida para o gol aberto.

Gijón x Barcelona - Gol de Suárez
Suárez também marcou (Foto: Reprodução)

No ataque seguinte, Neymar tocou na direita para Sergi Roberto, que cruzou para Rafinha cabecear na primeira trave e fazer o segundo gol. O Barcelona chegava com toques envolventes. 

Na volta do intervalo, o Sporting Gijón saiu mais para o ataque. Aos dez minutos, Cop ajeitou para Víctor Rodríguez, que passou bem por Piqué, e chutou com pouco ângulo, obrigando Ter Stegen a espalmar para escanteio. 

Mas a reação durou pouco. Aos 28, Lora deu um carrinho por trás em Sergi Roberto e levou o segundo amarelo, deixando o Sporting Gijón com um a menos. Logo veio o castigo. Aos 35 minutos, Sergi Roberto recebeu pela direita e cruzou para Paco Alcácer, que chutou, Cuéllar desviou, e a bola explodiu no travessão. Na sobra, Neymar ajeitou com o peito para cortar o goleiro e tocar para o gol aberto. Só que tinha mais. Quatro minutos depois, Denis Suárez abriu a jogada com Sergi Roberto, que cruzou para Arda Turan subir livre na área e cabecear para marcar o quarto e transformar o placar em goleada.

Por fim, aos 42 minutos, Denis Suárez deu belo passe para Neymar contra a marcação de Douglas, e o atacante brasileiro tocou entre as pernas de Cuéllar para ampliar a goleada e dar números finais ao "passeio" em Gijón. Show do brasileiro, que mostrou que pode ser protagonista no clube catalão.