LANCE!
25/03/2016
18:46
Amsterdã (HOL)

A Holanda não teve a inspiração de Johan Cruyff e foi derrotada pela França por 3 a 2, nesta sexta-feira, na Amsterdam Arena. Em meio a homenagens ao ex-craque, a seleção provou que está a léguas de distância da Laranja Mecânica e do Carrossel que encantou o mundo na década de 70. Aos 14 minutos do primeiro tempo, o jogo foi paralisado para reverências ao "eterno 14".

Fora da próxima Eurocopa, a terceira colocada na última Copa do Mundo terá de trabalhar muito para retomar o bom futebol dos últimos anos. Já a anfitriã do torneio mostra que chega forte na briga pelo tricampeonato, mesmo sem contar com nomes importantes, como Benzema e Valbuena.

No clássico, os Bleus se acomodaram em campo com facilidade. Aos seis minutos do primeiro tempo, Griezmann, de falta, soltou uma pancada e abriu o placar. Ainda antes da emocionante homenagem a Cruyff, Giroud, com muito oportunismo, ampliou o placar. Os visitantes dominavam a partida sem grandes problemas.

Na segunda etapa, a Holanda parece que se lembrou de Cruyff e equilibrou o
jogo. Luuk de Jong descontou logo aos três minutos. A França diminuiu
o ímpeto com algumas alterações. A Laranja cresceu e deixou tudo igual, com Afellay, aos 41, levando o público à loucura.

Os gauleses não mereciam o castigo.  Na jogada seguinte, Matuidi, com a número 14 que eternizou o ídolo holandês, se infiltrou na área e decretou o trinfo para a seleção forasteira.