Mauricio Antonio - Urawa Red Diamonds

No primeiro confronto, o defensor estava suspenso, e os Reds empataram em 1 a 1 com o Al-Hilal (Foto: Divulgação)

LANCE!
24/11/2017
09:45
São Paulo (SP)

Neste sábado, um dos mais tradicionais times do Japão pode voltar ao topo do continente asiático se conquistar a Liga dos Campeões da Ásia. O Urawa Red Diamonds, clube de maior torcida do país, conta com o retorno do zagueiro brasileiro Mauricio Antonio para a segunda partida da final do torneio.

No primeiro confronto, o defensor estava suspenso, e os Reds empataram em 1 a 1 com o Al-Hilal, jogando na Arábia Saudita. Na finalíssima, um novo resultado igual leva a disputa para a prorrogação, e, persistindo o empate, o campeão será conhecido após cobranças de pênaltis.

Criada em 2002 nos moldes atuais, após a unificação de outros dois torneios asiáticos, o Urawa Reds foi o primeiro clube japonês a vencer a competição, levantando a taça em 2007. Agora, 10 anos depois, Maurício quer fazer história e ajudar a equipe a reconquistar a Ásia.

- Quando cheguei no Japão sabia da grandeza do clube, mas também tinha conhecimento desse período de poucos títulos. Por isso, estamos completamente focados na vitória. Vim para cumprir objetivos, e um deles é ajudar o Urawa a conquistar essa competição tão importante para todos nós - comenta o zagueiro.

Cria do São Paulo e com passagens pela Seleção Brasileira de base, onde foi campeão sul-americano sub-15 e sub-17, Mauricio jogou ao lado de nomes como Lucas Moura, Rodrigo Caio, Neymar, Phillipe Coutinho e Casemiro. Esse último, poderá reencontrá-lo em breve, mas em lados opostos.

Caso o Urawa Reds vença a competição, o time carimba o passaporte para Abu Dhabi, e seguindo o chaveamento já estipulado no mês passado, pode disputar a semifinal do Mundial de Clubes FIFA contra o Real Madrid, onde atua o volante, ex-companheiro de clube e de seleção. Ciente dessa possibilidade, Mauricio fica contente, mas ressalta o pensamento na decisão da Liga.

- Será ótimo reencontrar o Casemiro. Vivemos muitas coisas juntos em Cotia. Foi um grande parceiro dentro e fora de campo. Enfrentá-lo seria muito especial. Mas antes precisamos vencer as partidas para chegar lá. E a concentração é exclusiva no Al-Hilal nesse momento - salientou o brasileiro, que vive grande expectativa para mais uma decisão.

Atuando no Japão desde agosto deste ano, Mauricio Antônio estreou com título ao vencer a Chapecoense pela Copa Suruga. De lá pra cá, foram 14 partidas e um gol, se consolidando como titular absoluto na equipe do técnico Takafumi Hori, onde espera nesse final de semana contribuir com toda sua experiência para sair vitorioso.

- Passei momentos de grandes decisões ao longo da minha carreira e cresci em todos eles. Joguei ao lado de atletas de ponta e isso me motiva muito a alçar voos maiores. Sei que tenho esse potencial. Tive a felicidade de chegar, participar de um jogo emblemático contra a Chapecoense e já ser campeão. O meu foco sempre foi esse, buscar títulos. Temos a chance de fazer história no final de semana e queremos agarrar essa oportunidade a todo custo - finalizou o zagueiro.