LANCE!
22/11/2015
09:35
Madri (ESP)

Aos poucos, o Barcelona vai tornando o Santiago Bernabéu em praticamente um salão de festas seu. Pela sexta vez, sendo a terceira nos últimos 10 anos, o clube catalão derrotou o Real Madrid como visitante por pelo menos três gols de diferença. Para se ter uma ideia, o contrário não acontece no Camp Nou desde 1963, quando Puskás marcou três vezes na goleada por 5 a 1 na Catalunha.

A primeira goleada do Barcelona no Santiago Bernabéu foi em 1974. Seria a estreia de Johan Cruyff contra o Real Madrid no Santiago Bernabéu. O eterno craque holandês marcou um gol e comandou o time na goleada histórica por 5 a 0. Até hoje é a maior vitória dos catalães sobre os rivais em reduto adversário.

Depois vieram duas goleadas no espaço de dois anos. Em 1984, pelo Campeonato Espanhol, vitória pelo Campeonato Espanhol por 3 a 0, gols de Ángel (contra), Archibald e Calderé. Pela extinta Copa da Liga de 1985/86, 4 a 0. Gols de Amarilla (dois), Urbano e Esteban.

Enfim veio a série dos últimos 10 anos. A primeira foi em 2005 e é uma das partidas mais marcantes entre os dois rivais. O Barcelona venceu por 3 a 0, com Eto'o abrindo o placar. No segundo tempo, o Santiago Bernabéu reconheceu a atuação brilhante de Ronaldinho Gaúcho, que fez Sergio Ramos sofrer e marcou dois, e aplaudiu o craque brasileiro.

Em 2009, a partida que Xavi e Iniesta lembram com mais carinho do confronto: o famoso 6 a 2. Foi na primeira temporada de Pep Guardiola no comando do Barça, e o Real saiu na frente com Higuaín. Mas aos 20 minutos, o Barça já vencia, com um de Henry e outro de Puyol. Messi ainda fez o terceiro na etapa inicial. Depois do intervalo, o atacante francês fez outro, o argentino mais um, e Piqué fechou o placar. Sergio Ramos fez o outro do Real.

Agora foi a vez de Neymar e Suárez entrarem nessa relação. O uruguaio fez dois, o brasileiro fez um e deu um passe magistral para o golaço de Iniesta.