Ronaldinho Gaúcho / Reprodução

Por jogos festivos, Ronaldinho já visitou outros cincos país em 2016 (Foto: Reprodução)

RADAR/LANCE!
22/09/2016
10:23
Rio de Janeiro (RJ)

Ronaldinho Gaúcho já está a caminho do sexto país em que visitará somente este ano para jogos festivos. Nesta quinta-feira, o irmão do jogador, Assis Moreira, publicou no Instagram uma foto do meia antes da viagem a Pequim, na China. 

As partidas com a presença de Ronaldinho serão realizadas nos dias 24 e 27 deste mês. Além de R10, Rivaldo, também pentacampeão pela Seleção Brasileira, e Figo estão confirmados. 

De acordo com os organizadores do evento, batizado de All-Stars Soccer Carnival, é esperado 150 mil pessoas nos dois jogos, uma vez que todos os ingressos já foram vendidos antecipadamente. 

Ronaldinho Gaúcho
Ronaldinho a caminho de Pequim (Foto: Reprodução / Instagram)

Além da China, Ronaldinho já visitou outros cinco países em 2016. Peru, Equador, Guatemala, Estados Unidos e Índia, para torneio de futsal, incharam o passaporte do astro brasileiro. 

De volta ao México

Ronaldinho Gaúcho voltará ao México, ainda que por um dia. Pouco mais de um anos após se despedir do Querétaro, o astro brasileiro vestirá a camisa do Cinco Estrellas de Monterrey para atuar em uma partida amistosa, no dia 3 de dezembro. O clube disputará pela primeira vez a Série C do México.

Rotina de 'globetrotter'

Ronaldinho já viajou para quatro continentes desde que saiu do Fluminense, seu último clube, em setembro de 2015.

Em reta final de carreira, o pentacampeão já atuou no Marrocos, em amistoso de despedida de Mustapha Hadji, no México, Emirados Árabes Unidos, China e até Singapura, entre partidas beneficentes e ações publicitárias.

Guatemala, Kuwait, Equador e Inglaterra, a convite de David Beckham, em nome da Unicef, também fazem parte dos territórios onde R10 pisou ultimamente.

Em exibições, Ronaldinho chegou a atuar contra Adriano Imperador, em Las Vegas, nos Estados Unidos. Recentemente, chegou até a se aventurar no futsal, quando foi embaixador da liga da Índia, junto ao astro Falcão. Hoje, ele, que continua arrastando multidões, está na China.