Depay - Luxemburgo x Holanda

(Foto: John Thys / AFP)

LANCE!
13/11/2016
17:05
Luxemburgo (LUX)

A Holanda venceu Luxemburgo, por 3 a 1, na tarde deste domingo (13), e assumiu a vice-liderança do Grupo A das Eliminatórias Europeias para a Copa do Mundo de 2018. Robben, em gol irregular, e Memphis (duas vezes) marcaram para o visitante. O time da casa marcou com o zagueiro Chanot.

Com o resultado, a Laranja Mecânica ocupa a seugnda colocação da chave, com sete pontos, três a menos que a líder França. O mandante, por outro lado, permanece na lanterna do grupo, com apenas um ponto.

As boas jogadas de Robben, Sneijder e Ramselaar assustaram e exigiram uma boa atuação de Schon, goleiro de Luxemburgo, na primeira etapa do confronto. O atleta do UNA Strassen, time local, fez ótimas intervenções e evitou que os comandados de Danny Blind marcassem gols logo no início do compromisso.

O primeiro gol do confronto ocorreu em um erro de arbitragem. Robben, em posição irregular, recebeu passe de Klaassen, invadiu a área e bateu na saída do goleiro adversário, aos 35 minutos.

A alegria holandesa não durou muito. Aos 43, Daniel da Mota avançou com a bola dominada pelo lado esquerdo do ataque e foi derrubado por Brenet. A arbitragem assinalou pênalti no atleta de Luxemburgo. O zagueiro Chanot marcou em cobrança perfeita de pênalti.

O empate com o lanterna do grupo nos 45 minutos iniciais fez com que o técnico Danny Blind apostasse em substituições logo no intervalo. E o treinador acertou em cheio. Memphis entrou na vaga de Wesley Sneijder e mudou o rumo do jogo.

O atacante do Manchester United marcou dois gols e garantiu o resultado para a equipe visitante. O primeiro saiu aos 13 do segundo tempo, em cruzamento do lateral esquerdo Blind, seu companheiro de time. O atacante balançou a rede ainda em cobrança de falta nos minutos finais do confronto.

A Holanda volta a jogar em 25 de março de 2017, diante da Bulgária. Luxemburgo atuará na mesma data contra a líder França.

FICHA TÉCNICA
LUXEMBURGO X HOLANDA

Local: Stade Josy Barthel, em Luxemburgo
Data-hora: 13/11/2016 (domingo) – às 15h (de Brasília)
Árbitro: Anthony Taylor (ING)
Assistentes: Stephen Child (ING) e Gary Beswick (ING)
Cartão amarelo: Bensi (Luxemburgo)

Gols: Robben – 35’/1ºT (0-1); Chanot – 43’/1º (1-1); Memphis – 13’/2ºT (1-2); Memphis – 37’/2ºT (1-3)

LUXEMBURGO: Schon; Jans (Jänisch – 25’/1ºT), Malget, Chanot, Mahutmovic e Daniel da Mota (Kevin Kerger – 29’/2ºT); Bohnert, Bensi (Thill – 36’/2ºT), Chris Philipps e Mutsch; Turpel. Técnico: Luz Holtz.

HOLANDA: Stekelenburg; Brenet, Bruma, Van Dijk e Blind; Wijnaldum, Ramselaar (De Roon – 43’/2ºT) e Sneijder (Memphis Depay – Intervalo); Klaassen, Bas Dost e Robben (Berghuis – Intervalo). Técnico: Danny Blind.