José Mourinho

Mourinho foi novamente expulso no último sábado (Foto: OLI SCARFF / AFP)

RADAR/LANCE!
30/10/2016
12:06
Manchester (ING)

O empate sem gols do Manchester United com o Burnley, em casa, no último sábado, deixou José Mourinho com os nervos à flor da pele, o que o levou a ser expulso, por reclamação. E a consequência pode ser dura.

Neste domingo, o jornal britânico "Daily Mail" informa que o treinador deve sofrer uma severa punição da Federação Inglesa (FA), que, inclusive, poderia proibir o português de ir aos estádios para assistir à sua equipe.

Como frisa a publicação, a reincidência deve fazer com que Mourinho leve a dura pena. Vale lembrar que, no dia 17 de outubro, o técnico já havia sido punido por críticas contra a arbitragem, no clássico diante do Liverpool. 

Mourinho foi expulso após mostrar indignação com a não-marcação de um pênalti, que seria sobre o lateral Darmian. Ele gesticulou bastante e foi áspero na reclamação. Além disso, foi retirado da primeira fila das arquibancadas do Old Trafford, tendo que ficar na área reservada aos cartolas do clube de Manchester.

José Mourinho
Mourinho, da área reservada aos diretores do United (Foto: OLI SCARFF / AFP)

Com o frustrante empate diante do Burnley, que se deu pela décima primeira rodada do Campeonato Inglês, o United caiu para a oitava posição, chegando aos 15 pontos. 

Punição não seria inédita

Na temporada passada, Mourinho foi banido pela FA por um jogo, quando comandava o Chelsea. A situação dos Blues, na ocasião, era parecida com a dos Red Devils hoje, uma vez que estava mal das pernas no Inglês.