Cristiano Ronaldo Real Madrid

Relação de Cristiano com Florentino Perez é ruim (Foto: AFP)

LANCE!
07/07/2018
11:14
Madri (ESP)

A novela envolvendo Cristiano Ronaldo, Juventus e Real Madrid parece ter chegado nos seus capítulos finais. Sendo muito especulado na equipe de Turim nos últimos dias, a negociação, de acordo com o jornal "Marca", entrou em uma fase decisiva, já que, após as conversas entre Jorge Mendes, agente do jogador, e José Ángel Sánchez, diretor da equipe merengue, a única coisa que faltaria seria uma proposta oficial vinda da Vecchia Signora.

O que pode dificultar esse acordo, porém, é como o português pode deixar o Real Madrid, clube que defende desde 2009. O desejo da equipe da capital espanhola é que Cristiano se pronuncie afirmando que quer deixar Madri e jogar em um novo clube, para que os torcedores e jornalistas entendam que essa ideia partiu do próprio atleta, não dos dirigentes da própria equipe, o que manteria a imagem da institução 'limpa'.

Para tentar 'persuadir' a Juventus com essa situação do pronunciamento, o Real Madrid afirma que, se não houver o recado público de Cristiano Ronaldo, a equipe não abrirá mão do pagamento da cláusula de rescisão do atleta, avaliada em 1 bilhão de euros, cerca de 4 bilhões e 600 milhões de reais.
Se houver esse pronunciamento, porém, o Real estaria disposto em abrir mão dessa cláusula e um novo valor estaria entre 120 e 130 milhões de euros - pouco menos de 600 milhões de reais -, um valor próximo do que os clubes vêm conversando nos últimos dias, que era de 100 milhões de euros (464 milhões de reais).

De acordo com o jornal, Cristiano Ronaldo estaria na Grécia descansando após a eliminação de Portugal na Copa do Mundo. Como o Real Madrid pode controlar a situação pela questão da cláusula, o português estaria disposto a se pronunciar, mesmo que essa não seja sua vontade, por ter dado sua palavra à Juventus e sua relação com Florentino Perez, presidente do clube espanhol, não ser das melhores.