RADAR/LANCE!
14/09/2016
10:26
Paris (FRA)

A temporada 2016/17 começou e Neymar permaneceu no Barcelona. E não foi por falta de esforços que o Paris Saint-Germain levou o craque brasileiro. Segundo o empresário Wagner Ribeiro, Nasser Al-Khelaif, presidente do clube francês, estava disposto a fazer do jogador o mais bem pago do mundo.

Ao programa "Bola da Vez", da ESPN Brasil, o agente de Neymar disse que o dirigente parisiense se dispôs a pagar os 190 milhões de euros (cerca de R$ 704 mi) da cláusula de rescisão com o Barcelona e ofereceu ainda 40 milhões de euros (R$ 148 mi) "limpos" anuais por um contrato de cinco temporadas.

Wagner Ribeiro disse ainda que levou Nasser Al-Khelaif a São Paulo, afim de negociar o camisa 10 da Seleção Brasileira com os franceses. Além disso, revelou que o dono do PSG daria um jatinho privado para que Neymar pudesse vir ao Brasil jogar pelo time de Tite, além de receber uma porcentagem da rede de hotéis que abriria com seu nome.

Em julho deste ano, Neymar frustrou o PSG e a outros interessados, renovando com o clube catalão por mais três anos - o vínculo de 2018 vai agora até 2021. De acordo com Ribeiro, o pai do atleta usou a proposta da equipe de Paris para elevar os valores na da Espanha.