Thiago Correia
06/04/2016
17:36
Paris (FRA)

Em um jogo em que os brasileiros foram fundamentais, principalmente pelo lado negativo, Paris Saint-Germain e Manchester City ficaram no empate em 2 a 2 pela ida das quartas de final da Liga dos Campeões, nesta quarta-feira no Parc des Princes. Nos quatro gols, brazucas foram protagonistas, mas falhando. Uns mais, outros menos. David Luiz e Thiago Silva vacilaram nas marcações, Fernando 'deu de presente' uma bola perfeita para Ibrahimovic, que também perdeu um pênalti, e Fernandinho deixou Rabiot sozinho quando o PSG virou.

O City começou em cima. Logo aos 15 segundos, Agüero buscou o ataque, tomou falta de David Luiz, que já levou o amarelo e está suspenso para a volta. Os ingleses continuaram em cima, mas isso durou pouco. Ainda no início, o PSG reclamou muito de pênalti em cima de Matuidi. O jogo era quente em Paris.

Após cruzamento de Di María, a bola foi para David Luiz, que caiu em dividida com Sagna. Pênalti muito duvidoso e Hart defendeu a cobrança de Ibrahimovic. Pouco depois, nova defesa do inglês em cabeçada do sueco. O jogo continuou com equilíbrio, e o camisa 10 do PSG teve outra grande oportunidade pouco depois, mas chutou para fora cara a cara com o goleiro.

O PSG vinha tendo mais oportunidades, mas vacilava. Até que foi penalizado. Após passe errado do Matuidi, Fernando foi rápido e desarmou. Fernandinho disparou, abriu para De Bruyne, a bola passou por David Luiz, que tentou tirar de coice, e o belga recebeu para abrir o marcador.

Na sequência, o empate. E um gol no mínimo esquisito. Fernando, fundamental no gol do City, falhou. Em tiro de meta, Hart deu curtinha para o  brasileiro, que dominou mal. Acabou tentando tocar para o lado, a bola foi em cima de Ibra e entrou. O jogo foi para o intervalo empatado por 1 a 1.

Na etapa final, equilíbrio e ataque. As principais jogadas ofensivas do PSG eram com Di María. Mas os passes finais não iam com perfeição. Os contra-ataques do City eram perigosos. Acabou que a pressão dos franceses deu certo. Após escanteio, Cavani cabeceou forte, Hart ofereceu rebote e Rabiot estava lá para conferir e virar. Na sequência, Ibra ainda colocou na trave. O momento era melhor para o time da casa.

Como não aproveitou o momento para ampliar, o PSG viu o adversário crescer e chegar ao empate. Ele veio em cruzamento rasteiro pela direita com Sagna.  Aurier tirou, Thiago Silva errou ao tentar afastar, a bola sobrou para Fernandinho, que chutou e fez.

Os técnicos começaram a mexer. O PSG tentou ir para cima, tirando Rabiot e colocando Lucas, enquanto o City colocou Delph na vaga de De Bruyne. Acabou que ninguém mais conseguiu atacar de forma efetiva, e seguiu 2 a 2 até o fim, deixando tudo aberto para a volta no Etihad Stadium.

FICHA TÉCNICA
PARIS SAINT-GERMAIN 2x2 MANCHESTER CITY

Local: Parc des Princes, em Paris (FRA)
Data-hora: 06/04/2016, às 15h45 (de Brasília)
Árbitro: Milorad Mažić (SER)
Auxiliares: Milovan Ristić (SER) e Dalibor Djurdjević (SER)

Gols: De Bruyne (37'/1ºT), Ibrahimovic (40'/1ºT), Rabiot (13'/2ºT) e Fernandinho (26'/

Cartões amarelos: David Luiz (PSG), Clichy (MCI), Fernando (MCI), Matuidi (PSG), Mangala (MCI), Navas (MCI)
Cartões vermelhos: Não houve

PARIS SAINT-GERMAIN: Trapp, Aurier (Van der Wiel, 31'/2ºT), Thiago Motta, David Luiz e Maxwell; Thiago Motta, Matuidi e Rabiot (Lucas, 31'/2ºT) ; Di María, Cavani e Ibrahimovic. Técnico: Laurent Blanc
MANCHESTER CITY: Hart, Sagna, Mangala, Otamendi e Clichy; Fernando, Fernandinho, Navas, De Bruyne (Delph, 31'/2ºT) e David Silva (Bony, 42'/2ºT); Agüero (Kolarov, 46'/2ºT). Técnico: Manuel Pellegrini