Braga x Porto

Braga e Porto jogaram na Pedreira (Foto: Miguel Riopa/AFP)

LANCE!
06/03/2016
19:26
Braga (POR)

Na prévia da final da Taça de Portugal, que será no próximo dia 22 de maio no Estádio do Jamor, em Oeiras, na zona metropolitana de Lisboa, o Braga recebeu o Porto neste domingo para o dérbi nortenho, e derrubou o Dragão. Na Pedreira, os Arsenalistas contaram com uma enorme falha da defesa dos visitantes e uma desatenção para vencer por 3 a 1. Hassan, Rafa e Alan marcaram para o time da casa, enquanto Maxi Pereira fez o dos Azuis e Brancos.

Com este resultado e faltando nove rodadas para terminar o Campeonato Português, o Porto vê a disputa pelo título mais longe. A equipe fica estacionada com 55 pontos na terceira colocação, já são seis a menos que o líder Benfica, e quatro em relação ao Sporting, vice. O Braga é o quarto com 47 e ainda não chega a ameaçar o Dragão. Na próxima rodada, o Porto recebe o União da Madeira, enquanto os bracarenses visitam o Belenenses em Lisboa.

O Porto começou melhor. Logo no início, André André deu bom passe para Suk, que obrigou Marafona a fazer boa defesa logo. O Dragão seguia superior, ficava no campo de ataque, e teve uma outra boa chance em cobrança de falta de Brahimi, que foi na trave. Mas o Braga não era bobo.

O time visitante não conseguia marcar e os Arsenalistas cresciam. Chegaram a ter uma chance tripla no mesmo lance. Com direito a toque de cobertura em Casillas de Hassan, mas que foi na trave. Nos dois rebotes, a defesa livrou o time.

Ruben Neves - Braga x Porto (Foto: Divulgação)
Rúben Neves foi titular pelo Porto (Foto: Divulgação / SC Braga)

Logo depois, o técnico do Porto, José Peseiro, ficou revoltado por causa do lance anterior, pedindo falta sobre Danilo, e foi expulso. Até o intervalo, muito equilíbrio, mas nada de efetividade para nenhum dos lados.

Na etapa final, o Porto não conseguia se encontrar em campo, criava pouco, e acabou sendo penalizado. Djavan cruzou pelo lado esquerdo, Marcano cometeu enorme falha na hora de cortar, Hassan ficou na cara do gol, chutou, e Casillas ficou vendido sem poder fazer nada.

A resposta do Porto foi tirar André André e colocar Corona, e logo depois veio Marega na vaga de Rúben Neves, para tentar ser mais agudo na frente. Mas o time visitante seguia desorganizado e sem inspiração. O Braga ainda teve ótima chance com Rafa, que foi na trave. Esse lance quase fez muita falta.

Na base do abafa, o Porto acabou chegando ao empate. Brahimi cruzou na segunda trave, Herrera dominou sozinho, chutou, a bola foi em Boly e voltou para Maxi Pereira, que cabeceou para o gol. Já estava no fim, mas Rafa ainda teve a chance de se redimir.

Em nova jogada de Djavan pela esquerda, veio o cruzamento rasteiro, e o jovem jogador do Braga garantiu a vitória. Já no fim, em contra-ataque, Alan recebeu lançamento, Casillas abandonou o gol, foi driblado e saiu o terceiro.

CONFIRA A 25ª RODADA DO CAMPEONATO PORTUGUÊS
Sexta-feira

Paços de Ferreira 2x2 Marítimo

Sábado
Sporting 0x1 Benfica

Domingo
Boavista 0x1 Nacional
Tondela 0x1 Arouca
União da Madeira 0x0 Belenenses
Vitória de Setúbal 0x1 Moreirense
Académica 2x0 Vitória de Guimarães
Braga 2x1 Porto

Segunda-feira
Rio Ave x Estoril