Suárez - Barcelona x Espanyol (Foto: Pau Barrena / AFP)

Suárez arrumou confusão na partida contra o Espanyol  (Foto: Pau Barrena / AFP)

LANCE!
07/01/2016
11:57
Barcelona (ESP)

A súmula do clássico entre Barcelona e Espanyol, no Camp Nou, pela Copa do Rei, pode prejudicar Luis Suárez. De acordo com o "Mundo Deportivo", o árbitro Juan Martínez Munuera relatou que o uruguaio esperou os jogadores rivais na passagem do vestiários para chamá-los para briga. Dentro de campo, houve muita confusão entre os atletas.

- Aqui os estou esperando, venham cá. Vocês são uns refugos - teria dito Suárez, durante a ida dos jogadores do Espanyol para o vestiário.


O Barcelona terá que esperar para saber se o atacante será punido pelo ato. Segundo a imprensa espanhola, a tendência é que ele fique fora do jogo de volta, no Cornellà El Prat, na semana que vem. Se a sanção for maior que quatro jogos, ele deve cumprir também em partidas do Campeonato Espanhol.

CONFUSÃO E EXPULSÕES EM CAMPO


Não foi apenas o show de Lionel Messi na goleada por 4 a 1 do Barcelona sobre o Espanyol que ganhou destaque na imprensa local. Os jogadores do time visitante foram muito criticados pela violência em campo, após entradas fortes nos atletas blaugranas. Tanto que o meia Diop foi expulso de campo no segundo tempo.

Arda Turan - Barcelona x Espanyol (Foto: Pau Barrena / AFP)
Jogo foi bastante tenso no Camp Nou (Foto: Pau Barrena / AFP)

O jogador do Espanyol tentou defender seus companheiros, mas acabou criando ainda mais polêmica.

- Não podem dizer que somos violentos, pois não se viu sangue. Se quiséssemos, eles teriam saído de maca - disse o meia, à rádio "Cadena SER".

No fim do jogo, uma confusão tomou conta do gramado e envolveu atletas de ambas as equipes. Além de Diop, o paraguaio Pérez também foi expulso de campo. Para o senegalês, os sete amarelos e dois vermelhos recebebidos pelos jogadores do Espanyol foram culpa de uma campanha da imprensa da Catalunha contra o clube.

- Passam a semana dizendo que somos violentos, e isto fez efeito. São jogadores muito bons, e se não podemos nem tocá-los, fazem o que querem