Julen Lopetegui (Foto: Miguel Riopa/AFP)

Julen Lopetegui não é mais técnico do Porto (Foto: Miguel Riopa/AFP)

RADAR/LANCE!
08/01/2016
16:48
Porto (POR)

O Porto informou nsta sexta-feira a Comissão de Mercados de Valores Mobiliários (CMVM)  a decisão de substituir o comando técnico liderado por Julen Lopetegui. Um ano e meio depois da chegada, aqui ficam algumas datas que marcaram a presença do basco no Dragão:

3 de julho de 2014 – Dirige o primeiro treino da pré-temporada, quase dois meses depois de ter sido apresentado como treinador e manda colocar uma torre de observação no Olival. Faz a estreia oficial, contra o Marítimo, no dia 15 de agosto.

26 de agosto de 2014 – Classifica o Porto para a fase de grupos da Liga dos Campeões, com dois triunfos frente ao Lille: 1 a em França e 2 a 0 em casa. O primeiro objetivo é alcançado.

14 de setembro de 2014 – No sexto jogo oficial da temporada, contra o Vitória, em Guimarães, sofre o primeiro empate. Depois, surge sem papas na língua na sala de imprensa e critica a arbitragem de Paulo Baptista.

18 de outubro de 2014 – Sofre a primeira derrota no Porto e logo frente a um rival (Sporting), em casa, dizendo adeus à Taça de Portugal. O trauma dos clássicos repete-se a 14 de dezembro, saindo derrotado do jogo da Liga, novamente em casa, contra o Benfica, e deixa o rival disparar para o título.

5 de novembro de 2014 – O Porto vence o Athletic, em Bilbau, e se classifica para as oitavas de final da Champions.


2 de abril de 2015 – Diz adeus à Taça da Liga, frente ao Marítimo.

2 de abril de 2015 – É massacrado pelo Bayern Munique, na Alemanha, e diz adeus à Champions.

26 de abril de 2015 – Empata com o Benfica fora de casa e praticamente diz adeus ao título português. Discute com Jorge Jesus.

17 de maio de 2015 - Empata com o Belenenses (1-1) e não esconde a decepção. O Benfica é campeão.

14 de julho de 2015 - Casillas chega a Horst, na Holanda, para começar a trabalhar com o técnico Lopetegui.

9 de dezembro de 2015 - O Porto é derrotado pelo Chelsea, em Stamford Bridge, por 2-0 e é eliminado da Liga dos Campeões. Vai joga a Liga Europa.

2 de janeiro de 2016 - O Porto perde o clássico para o Sporting por 2 a 0. Jesus sai em defesa do valor do basco.

6 de janeiro de 2016 - O Porto empata com o Rio Ave e cai para a terceira posição, a quatro pontos da liderança.

7 de janeiro de 2016 - O Porto avança para a rescisão do contrato com Lopetegui. O empate com o Rio Ave tornou a situação insustentável.

8 de janeiro de 2016 - O Porto confirma em comunicado enviado à CMVM a saída de Lopetegui e que a equipa está entregue interinamente a Rui Barros.