HOME - Bayern de Munique x Arsenal - Liga dos Campeões - Muller (Foto: Guenter Schiffmann/AFP)

Muller foi um dos destaques do show do Bayern de Munique (Foto: Guenter Schiffmann/AFP)

RADAR/LANCE!/POOL
05/11/2015
07:05
Munique (ALE)

Com um desempenho fantástico, o Bayern varreu o Arsenal e deixou claro que a derrota em Londres foi apenas um ligeiro desvio de rota. E a classificação para a próxima fase da Liga dos Campeões é uma mera formalidade e tudo indica que a extensão do contrato de Guardiola que se encerra em 2016, também está muito bem encaminhada, pois Pep está bastante feliz no clube.

Desta vez o Arsenal não conseguiu fazer valer a sua tática. Antes dos dez minutos o Bayer já vencia por 1 a 0, com Lewandovsky completando um pasee de Thaigo que foi um poema. Ozil teve um gol anuldao. depois disso, o que se viu foi uma série de O Imperio Contra-ataca. Thiago jogiou como o Thiago que conhecemos, Muller fez o que sempre faz e o Bayern foi para o intervalo cheio de pose enquanto o Arsenal pedia oxigênio.

Mas o fôlego que eles ganharam durou até os nove minutos. Robben entrou como um raio e no primeiro toque...4 a 0. Neste momento pareceu a trupe Wenger ter sofrido algo como Evander Holyfield após Mike Tyson ter lhe mordido um pedaço da orelha. Doeu. E como. Mas quando os boxeadores são novamente as mais perigoso? Se eles tropeçam, tentam a reação. E assim os Gunners diminuíram. Mas os donos do futebol rolo-compressor feito na Baviera fecharam o placar em 5 a 1. Um primor.