HOME - Barcelona x Roma - Liga dos Campeões - Suárez e Wojciech Szczęsny (Foto: Lluis Gene/AFP)

O goleiro Szczęsny desolado com o gol de Suárez (Foto: Lluis Gene/AFP)

RADAR/LANCE!/POOL
24/11/2015
21:05
Roma (ITA)

Não foi 7 a 1, mas isso pouco importa. Depois de levar surra de Manchester United e de Bayern de Munique, a Roma acumula mais uma humilhação na Liga dos Campeões, levando 6 a 1 do Barcelona no Camp Nou, três gols em cada tempo. Só não levou gol de Neymar, que perdeu um penalti (aproveitado por Adriano no rebote). O time italiano levou uma lição de futebol de um treinador que muito dizem ser inadequado para o cargo. Luis Enrique. Inadequado? A Roma tateou sem qualquer oposição diante de um Barça que é muito forte. Mas há diferentes maneiras de perder, e a equipe de Garcia perdeu feio.


Se esperava coração e determinação. Em vez disso, a Roma entrou em campo com apenas uma atitude cautelosa, esperando para resistir tanto quanto possível, e no final tomou muitos gols. Mesmo depois de sofrer 2 a 0 logo de início, a Roma continuava com sua atitude pouco combativa, com o objetivo de limitar os danos, tanto quanto possível.


Repetimos: o Barca é muito forte, e isso era conhecido. Há alguns dias, tinha feito quatro no Real Madrid. Mas esta Roma é muito pequena para se sentar à mesa com o grande da Europa. A goleada sofrida para o Bayern deixou uma marca indelével na última temporada: a de que a partir de que momento a equipe de Garcia não seria mais a mesma. Gostaria de saber se agora irá reagir.