Neymar e Piqué

Neymar e Piqué, em coletiva de imprensa antes da final da Champions 2014/15 (Foto: Reprodução / Instagram)

RADAR/LANCE!
23/08/2016
10:46
Barcelona (ESP)

Um dos líderes do atual elenco do Barcelona, Piqué comentou sobre a decisão de Luis Enrique em liberar Neymar e permitir que o astro só se reapresente ao clube após os jogos da Seleção Brasileira contra Equador e Colômbia, marcados para os dias 1 e 6 de setembro, respectivamente.

Durante um evento da PokerStars, o zagueiro blaugrana apoiou a folga dada a Neymar, que, segundo o treinador, também tem um cunho físico, além da questão de logística. 

- Neymar ganhou estas férias e este descanso porque foi uma competição muito dura, e logo vêm outros jogos com sua seleção. Foi uma boa decisão - afirmou Piqué, que continuou:

- Os Jogos Olímpicos foram um campeonato muito duro para Neymar, e ele demonstrou porque é um dos melhores do mundo ao marcar o pênalti decisivo. Não foi fácil porque estar ali resulta jogar com muita pressão para ganhar, ainda que ele esteja acostumada - finalizou. 

O apoio do defensor de 29 anos se dá em meio a algumas críticas da imprensa espanhola em relação à decisão de Lucho. O jornal "Sport", por exemplo, pergunta se "Neymar merece o mesmo tratamento que Messi", em sua capa, na edição desta terça-feira. Além disso, o diário lembra que o jogador brasileiro não treina no Barcelona desde o dia 23 de maio - ou seja, logo após o término da última temporada.

Neymar retornaria ao Barça no início desta semana, a princípio, e estaria disponível para encarar o Athletic de Bilbao, no domingo. No entanto, na última segunda-feira, o técnico Luis Enrique liberou o atacante, considerando a viagem à Espanha desnecessária, já que as partidas pela Seleção Brasileira estão batendo à porta.