LANCE!
03/10/2017
08:00
Barcelona (ESP)

O governo da Catalunha realizou, no último domingo, um referendo sobre a separação da Espanha. Segundo o governo catalão, o "sim" a um "Estado independente em forma de república" venceu com 90%. Madri não reconhecerá o resultado, já que o Tribunal Constitucional o considera ilegal, e, então, também não reconhecerá a declaração de independência. Uma solução pacífica é improvável. Mas, se ela ocorrer, a Catalunha será um país independente e essa mudança poderá até afetar a seleção espanhola.

Os jogadores catalães deixariam a seleção espanhola e atuariam em uma seleção própria. Nomes como Gerard Piqué, Jordi Alba, Sergio Busquets e Cesc Fábregas fariam parte do selecionado da Catalunha. Confira abaixo como seria o time titular da seleção catalã. E a equipe seria forte.

campinhoc765f.jpg


A seleção catalã até existe, mas ela não é reconhecida pela Fifa e não entra em campo desde dezembro do ano passado, quando empatou - em casa - por 3 a 3 com a Tunísia, perdendo por 4 a 2 nos pênaltis. Na ocasião, os principais jogadores nascidos na Catalunha não estiveram em ação.

A seleção da Catalunha já encarou a Seleção Brasileira em quatro amistosos: duas vezes em 1934, uma vez em 2002 e a outra em 2004. Os catalães venceram o primeiro jogo de 34 e o segundo jogo, sete dias depois, terminou empatado. A Seleção Brasileira ganhou as partidas de 2002 e 2004.