Mikel Arteta - Arsenal (Foto: Ian Kington / AFP)

Mikel Arteta tem jogado pouco pelo Arsenal (Foto: Ian Kington / AFP)

LANCE!
24/02/2016
14:23
Manchester (ING)

O técnico Pep Guardiola já admitiu que, mesmo ainda estando no Bayern de Munique, pensa em seu planejamento para a próxima temporada, quando vai assumir o Manchester City. E um dos seus primeiros reforços pode vir de um rival dos Citizens. De acordo com o "Eurosport", o treinador pretende tirar o volante Arteta do Arsenal, de 33 anos. Mas para ser um dos seus auxiliares.

Arteta tem sofrido com diversas lesões, e pouco tem jogado. Mesmo sendo um dos capitães do Arsenal e tendo muito prestígio com Arsène Wenger, entrou em campo apenas 13 vezes na temporada passada, e outras 14 nessa. Chegou até a defender o time sub-21 para ganhar ritmo de jogo.

Há algum tempo tem pensado em pendurar as chuteiras e iniciar sua preparação para ser treinador no futuro. Ao ser questionado se poderia receber o espanhol em sua equipe, Arsène Wenger até admitiu a possibilidade, mas não deixou a porta escancarada para que ele pudesse entrar. Apenas um pouco aberta.

- Ele tem que ir para as categorias de base, mas eu não descarto essa possibilidade. No momento, não tenho uma necessidade. Estou feliz com a minha equipe no momento, mas penso que ele pode sim ser treinador no futuro, e certamente aqui - chegou a dizer Wenger recentemente.

HOME - Bayer Leverkusen x Bayern de Munique - Campeonato Alemão - Guardiola (Foto: Patrik Stollarz/AFP)
Guardiola vai para o City (Foto: Patrik Stollarz/AFP)

Arteta e Guardiola são amigos de longa data. O atual treinador do Bayern de Munique era um dos principais jogadores do Barcelona no fim da década de 1990, quando o volante do Arsenal ainda era um jovem das categorias de base do time catalão, e eles eram da mesma posição em campo.

Eles mantiveram uma boa relação, e até foram flagrados no ano passado, no confronto entre Arsenal e Bayern de Munique pela Liga dos Campeões batendo um longo papo. O que pode balançar positivamente Arteta é a possibilidade de já trabalhar diretamente com um time profissional, além de poder estar ao lado de um dos melhores do mundo em sua função.