LANCE!
14/02/2016
21:26
Barcelona (ESP)

O pênalti cobrado de forma inusitada por Messi para Luis Suárez anotar o quarto gol da vitória do Barcelona sobre o Celta de Vigo por 6 a 1 por ter um significado. Segundo jornais espanhóis, ele teria sido uma homenagem a Johan Cruyff, um dos maiores ídolos da história do clube e que vem se recuperando de um câncer no pulmão.

Cruyff e seu ex-companheiro Jesper Olsen, então no Ajax, já haviam protagonizado este tipo de cobrança em 1982, em um jogo do time holandês contra o modesto Helmond Sport.

Quem também tentou homenagear Cruyff certa vez foi Henry e Pires, franceses que atuavam juntos no Arsenal. No entanto, a cobrança não saiu do jeito que era esperado e passaram por um momento ridículo em jogo dos Gunners.