LANCE!
21/11/2015
08:25
Madri (ESP)

Para muitos, os dois maiores jogadores da história da Espanha. Pela primeira vez em muito tempo, Real Madrid e Barcelona entram em campo para o clássico entre eles, que será neste sábado pelo Campeonato Espanhol, sem os seus grandes ícones nos elencos: Casillas e Xavi. Campeões de tudo pelos clubes e pela seleção, os craques saíram dos seus times no fim da temporada passada, e encerraram eras vitoriosas em seus times.

Apesar de terem sido rivais durante mais de 15 anos, os dois têm muito em comum. São os jogadores que mais estiveram em campo em partidas de Liga dos Campeões. Xavi disputou 151 jogos, todos pelo Barcelona, enquanto Casillas está acima, com 154, já contando as vezes em que defendeu o Porto. Aliás, como o meia foi para o Al Sadd, ficará estacionado, enquanto Iker vai aumentar o seu número pelo Dragão. Além disso, eles somam sete títulos do torneio.

Se as contas aumentarem para todos os torneios oficiais, os números ficam ainda mais impressionantes. Pelo Real Madrid, Casillas ganhou 18 títulos, contra contra 25 de Xavi. Um total de 43. Pelo seleção, as conquistas foram lado a lado. Os dois foram fundamentais para as conquistas das Eurocopas de 2008 e 2012, além da Copa do Mundo de 2010. Sendo o meio considerado o melhor jogador do primeiro desses títulos, além de estar entre os destaques das outras, e o goleiro foi o capitão em todas.

Eles sempre foram importantes também fora de campo. Contemporâneos, sempre mostraram espírito de liderança. Principalmente no fim da década passada e o início desta, quando a rivalidade entre Real Madrid e Barcelona ficou mais aflorada nas épocas de José Mourinho e Pep Guardiola, Casillas e Xavi conversavam pelo telefone com certa frequência para garantir a paz entre os jogadores. Acabava depois refletindo na seleção.

Os dois também estão na lista dos jogadores que mais entraram em campo pelo clássico. Xavi é o primeiro, ao lado dos merengues Sanchís e Gento. Os três jogaram 42 vezes contra os rivais. O Casillas está um pouco abaixo, com 36.