Payet - Olympique de Marselha x Guingamp

No último dia 1º, Payet marcou um golaço de falta no empate com o Dijon (Foto: BORIS HORVAT / AFP)

LANCE!
03/04/2017
10:30
Marselha (FRA)

Em 11 jogos no seu retorno ao Olympique de Marselha, quatro gols e boas atuações. Apesar do bom momento na equipe francesa, que está na quinta posição da Ligue 1, Dimitri Payet teve que voltar a comentar a sua polêmica saída do West Ham, da Inglaterra, na última janela de transferências.

- Sim, tenho arrependimentos. Ainda mais porque nunca esquecerei todo o amor que o clube e as pessoas me deram. Depois, não pude ficar contra quem reagiu mal. Eu acho que eles me odeiam tanto quanto me amaram - disse o meia ao "Canal+", completando sobre seu sentimento ao deixar o Inglês.

- Não, não foi difícil deixar a Premier League. Além disso, eu voltei para Marselha, um lugar que conheço bem. Gosto do treinador (Rudi Garcia), com um novo projeto. Acho que foi mais complicado para o West Ham do que para mim. Aconteceu naturalmente, houve uma urgência por deixar o West Ham. Devido ao meu nível e o caminho em que eu estava, tive medo de perder minha vaga na França e ser menos convocado - finalizou.

Aos 30 anos, Payet chegou ao Olympique de Marselha após uma transferência na casa dos 25 milhões de euros (R$ 83 milhões) por um contrato válido até junho de 2021. Na Inglaterra, fez 15 gols em 60 jogos.