Messi e Neymar

Jornalista acredita que Messi pode ajudar Neymar a ser melhor do mundo (Foto: AFP / LLUIS GENE)

Cristina Cubero - jornalista do Mundo Deportivo
12/02/2016
12:05
Barcelona (ESP)

Neymar pai vestido de branco, como manda a tradição, e desfilou no Sambódromo do Rio de Janeiro como protagonista da escola de samba Grande Rio. Dançou ao som de alguns percursionistas vestidos com a camisa branca e preta do Santos, com chapéus que imitavam o famoso penteado moicano de Neymar.

A Grande Rio quis homenagear a cidade de Santos e escolheu Pelé e Neymar para falar da base do popular clube. O carnaval no Brasil é mais do que tradição, é religião. Só desfilando alguma vez no Sambódromo se entende a magia do momento.

Enterrada a sardinha e fechando o carnaval do Rio, ainda ressoam entre samba e caipirinhas sussurrando ao pai de Neymar os elogios de Pep Guardiola, o técnico que lhe garantiu que queria seu filho para o Barça, um ideólogo, um profeta. Um City onde a figura será Neymar, onde os problemas fiscais desaparecem. Um clube que pagará 25 milhões de euros para seu treinador não brigará por fichinha.

Neymar pai poderia saber (ou não) que nesta década, o FC Barcelona ganhou 23 títulos, entre outros 6 Ligas e 4 Liga dos Campeões, contra cinco títulos nacionais do Manchester City (contando o Community Shield). E sem falar do pódio da Bola de Ouro, onde o Barça dominou, porque no final eles não votam só no melhor, mas também em quem tem a maioria de vitórias.

O City pode copiar o modelo, sacar o março de petrodólares e fazer uma oferta vertiginosa por Busquets e Thiago antes de desembolsar os 190 milhões de euros da cláusula de rescisão de Neymar.

O City pensa que tudo está à venda, mas se esquece que o Camp Nou é o autêntico Sambódromo, onde as escolas de futebol aprendem a desfilar ao ritmo da melhor música. É um sambódromo gerido por um argentino que sempre ficou junto com os brasileiros e converterá Neymar no melhor jogador do planeta. Mas se o pai de Neymar preferir o City – que eu estou convencida que não – não se preocupem: existe Luis Suárez para apresentar suas credenciais.