Bayern de Munique x Olympiacos (foto:AFP)

Elenco, resultados, posição nas tabelas. Em tudo o Bayern de Munique faz frente ao Barcelona (foto:AFP)

CARLOS ALBERTO VIEIRA
25/11/2015
18:40
Rio de Janeiro (RJ)


O atual time do Barcelona é excepcional. Estou com a massacrante maioria que votou na enquete do diário catalão "Mundo Deportivo" e, que diante de relação dos 12 maiores trios ofensivos da história do clube, colocou o atual (Messi, Neymar, Suárez)  como o melhor com 84% dos votos, fazendo os trios de Ronaldinho & Cia, Romário & Cia, Ronaldo & Cia, Rivaldo % Cia e Cruyff & Cia comerem poeira.

Estou totalmente de acordo com a lista dos 40 jogadores que integram a seleção da Uefa e que pôs oito dos 11 titulares do Barcelona. Só três ficaram de fora, sendo que Busquets e Bravo poderiam muito bem serem lembrados (Jordi Alba nem tanto). Nos últimos dias o Barça fez o que bem entendeu contra o Real Madrid e massacrou a atônita Roma - que leva pancadas humilhantes e anda mais acostumada com 7 a 1 do que a Seleção Brasileira (Manchester United, em 2010, e Bayern, em 2014, golearam por este placar).

O Barcelona é primoroso. Merece todos os aplausos. É favorito a tudo, ganhará o espanhol com os pés nas costas, será campeão Mundial no Japão em dezembro com os dois pés amarrados, só tem craque. Mas, não podemos esquecer que mesmo com tudo isso o time catalão não pode nem sonhar em achar que é o melhor do planeta e que não tem concorrência. Existe um tal Bayern de Munique no caminho.
Quer ver só o empate técnico entre estes dois esquadrões?

Elenco: O Barcelona tem 24 jogadores. Somente dois (o brazuca Douglas e o terceiro goleiro Vidal) não são chamados para as seleções nacionais ou de base;  o Bayern tem um elenco maior, com 27. Tirando o terceiro e quarto goleiros, apenas dois (Kirchhof e Rode) não são chamados para as seleções nacionais ou de base.

Qualidade dos astros: O Barcelona tem 8 na lista da Uefa, o Bayern tem sete. O Barcelona tem seis na lista dos 23 melhores da Fifa e disputa com Luis Enrique como melhor treinador. O Bayern tem cinco e disputa com o Guardiola o prêmio de melhor treinador.  

Situação nos campeonatos nacionais:

O Barcelona lidera o Espanhol com 30 pontos, fruto de 10 vitórias e 2 derrotas
O Bayern lidera o Alemão (que é mais competitivo) com 12 vitórias e 1 empate.

Relevância das vitórias:

O Barcelona goleou o maior rival Real por 4 a 0
O Bayern goleou o maior rival Dortmund por 5 a 1.

Ah, mas isso foi em casa, dirão alguns. Bem, o Bayern venceu o segundo maior rival (Schalke 04) fora por 3 a 1. Ah, mas alguns pode dizer que não foi goleada. Só que das 12 vitórias dos Bávaros, sete foram por goleada. Os que levaram surras foram  Leverkusen, Wolfsburg e M'Gladbach (times que estão na Champions), além de Stuttgart, Colônia e Hamburgo (que não estão lá essas coisas, mas são grandes).

Na Liga dos Campeões

O Barcelona - já classificado com duas rodadas de antecedência, está invicto e meteu 6 a 1 na Roma enquanto o Bayern já perdeu um jogo.
O Bayern - já classificado com duas rodadas de antecedência - caiu em Londres para o Arsenal. Mas goleou nos outros 4 jogos e o Arsenal (muito melhor do que a Roma) apanhou de 5 a 1.

Agora imagine:  se a final da Liga dos Campeões de 2015/16 - no dia 28 de maio do próximo ano, no mítico San Siro, em Milão - colocar estas equipes frente a frente na decisão, provavelmente estaremos vendo o duelo do Milênio. E depois de 90 minutos, ou 120 minutos, ou 120 minutos mais pênaltis, teremos a indicação de qual será o melhor. Mas somente até a próxima temporada, pois tanto Barcelona quanto Bayern ficarão por muito tempo duelando para ver quem é o melhor time do mundo.