LANCE!
25/02/2016
10:25
Barcelona (ESP)

Os compromissos da Seleção Brasileira vêm deixando Barcelona e Neymar de cabelo em pé. Em junho, fim da atual temporada europeia, há a Copa América Centenário, disputada nos Estados Unidos. No início de agosto, a Olimpíada. Mas clube e jogador chegaram a um consenso, segundo o colunista do jornal "Mundo Deportivo" Miguel Rico. É melhor que o atleta dispute apenas uma competição, e os Jogos Olímpicos são prioridade.

Como a Copa América é uma competição oficial, o Barcelona seria obrigado a liberar Neymar. No entanto, como tem mais de 23 anos e seria um dos três acima da idade que seria levado por Dunga para Olimpíada, os catalães poderiam não ceder o jogador para a disputa do torneio de futebol.

A preocupação de Barcelona e jogador é com relação à questão física. Se Neymar participar dos dois torneios, ele terá pouco tempo de férias e menos ainda de pré-temporada, o que poderia prejudicá-lo durante as partidas do clube.

A escolha da Olimpíada seria por se tratar de um torneio histórico: o Brasil nunca conquistou a medalha de ouro no futebol e tem uma oportunidade única, jogando em casa, no Rio de Janeiro. Assim, Neymar perderia a pré-temporada no Barcelona e a primeira rodada do Campeonato Espanhol, assim como poderia ficar fora das possíveis finais da Supercopa Europeia e Supercopa da Espanha, caso os Blaugranas conquistem a Liga dos Campeões e o Espanhol/Copa do Rei. Mas teria férias em junho e julho.

Segundo o jornal catalão "Sport", o técnico da Seleção Brasileira, Dunga, deve ser reunir com Luis Enrique em abril para conversar sobre o tema. O comandante do Barcelona não pretende vetar a participação de Neymar na Olimpíada, uma vez que já teve a experiência de conquistar a medalha de ouro em 1992, quando o torneio foi disputado em Barcelona.